Sugestoes

Nao deixe de ler: Por cada 100 casamento, ha 70 divorcios &&&&& Epistolaonline deseja a todos Feliz Natal &&&&& Nao temas, estou contigo &&&&&

Wednesday, January 5, 2011

Pastor lança livro para ensinar cristãos a apreciar o vinho


Jerry Butler lançou recentemente “Wine & Spirit” ["Vinho & Espírito"], descrito como um guia para beber vinho sem culpa. Ele afirma: “Trata-se apenas de uma assunto leve sobre algo que você desfruta entre amigos e em comunhão”. O ministério de Jerry Butler lhe deu oportunidade de participar de reuniões com pastores famosos como Rick Warren e Bill Hybels e também viajar ao exterior para desenvolver estratégias missionárias na Europa, na África e em outros continentes. Hoje ele trabalha como consultor de igrejas independentes e como mentor de pastores mais novos. Ele fica a maior parte do tempo em sua casa no campo, desfrutando a vista para o Medina Valley. Agora decidiu se aventurar no mundo da literatura.
Leia mais clicando no Link Original:  http://news.noticiascristas.com/2011/01/pastor-lanca-livro-para-ensinar.html?
 

 Nota Pessoal assinado por José Heleno: Porque o autor deste livro é um pastor evangélico, me interessa, em poucas linhas, deixar exaradas o meu desprazer a propósito do assunto em pauta. Mesmo que eu não quisesse dizer umas boas,  não tenho como me livrar. Primeiro, porque alguns, felizmente poucos,  caíram de pára-quedas no ministério pastoral. E, se há decisões que não devem ser tomadas com despreparo, uma  delas é, com toda a certeza, o ministério pastoral. Alguns levianos, que aparecem nesta honrosa função,  não valem meio tostão furado.  Não tiveram o amadurecimento lá onde deveriam tê-lo.  Não foram provados e aprovados pela fornalha ardente.  Não tenho como fugir ou simplesmente deletar o artigo. Seria como que enterrar a cabeça na areia. Eu sou vítima do vinho que meu pai usava comedidamente, mas que depois perdeu o travão como, aliás, sempre acontece. Toda a minha vida, meu corpo e minha alma guardam de forma indelével terríveis marcas do vinho. Ao escrever esta nota de protesto e desabafo, revejo, como muitas vezes faço, as cicatrizes do vinho nos meus membros superiores e inferiores. Ouvi palavras amargas e, vezes sem conta, recebi castigos injustos, até torturas, de quem eu tinha certeza que me amava. Tenho por mim, pela experiencia que vi e vivi, que o vinho é um dos maiores inimigos do homem. O que um bicho não faz com a sua cria, um homem entregue ao vinho o faz prazerosamente. Não contava com isto. Um homem que diz ser PASTOR a fazer publicamente a apologia do vinho. Isto dói porque sou pastor de corpo e alma, embora, muito desigual desse aí. Mas o perigo maior está ainda por acontecer. Pelo andar da carruagem, não está longe. Infelizmente, há nazarenos que acham não haver mal nenhum em tomar apenas um copito de vinho. O facto de não acharem mal nisto, indicia que, se lhes aparecer um copo com um líquido avermelhado pela frente não vão recusar. Como alguns têm memória curta, devo lembrar que os membros da igreja do nazareno assumem tacitamente que se abstêm de toda a bebida alcoólica ao entrar para o rol de membrasia. Constitui uma grave transgressão na igreja do nazareno o uso de qualquer bebida embriagante, incluindo o vinho. Há palavras que podem encher umas dez linhas que meu bom senso me aconselha a não escrever, mas que as paredes da sala de visita da minha casa ouviram em voz bem alta. O que também aqui não posso deixar de dizer bem alto e claro é que, na nossa e minha igreja do nazareno, vinho – NUNCA, NEVER, JAMAIS, NUNKA MÁS.
Para terminar, devo dizer-vos, meus queridos leitores e amigos, que estou ansioso a contar os dias para vos anunciar uma boa noticia: Esse homem que escreveu esse tal livro deixou de ser pastor. Será um dia desses. Podem crer.
Seja como for, não se esqueçam nunca: Não toquem no vinho.

2 comments:

Luis Cappeletti said...

Digno de louvor seu comentário sobre o referido Livro. É inadimissivél tal comportamento, isto só é viavél em meio aos dias da Igreja de Laudicéia, que já está entre nós.
Quantos maleficios o vinho tem causado a inumeras familias ?
Trabalho com centro de recuperação de alcoolicos e é o mais fácil recuperar um drogado do que um alcoolatra.
Que Deus lhe abençõe Pr. Jose Heleno, continue como atalaia para esta geração de pastores....

TUDO POR OU EM AMOR said...

Boa brother. Vinho nunca ´más. Nha pai foi alcoolica durante quase tudu tempo de se vida e é perde um munti cusa qui hoji nu podia teba mas já passa nu converti e cusas muda. Má quela foi grave, Deus tem misericordia de quel homi lá. Infelizmente alguns pastores qui ta bai midia é so publicidade e comercio, trabadju tem qui ser feto na bastidor e cu mutu humildade. Nu ta continua ta ser Nazarenos qui ca ta beba nem vinho e nem nada cu alcool.

Boa sim! Boa

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...