Sugestoes

Nao deixe de ler: Por cada 100 casamento, ha 70 divorcios &&&&& Epistolaonline deseja a todos Feliz Natal &&&&& Nao temas, estou contigo &&&&&

Tuesday, July 31, 2007

JOSE HELENO NOS ALPES

Sempre gostei de aventuras. Se pudesse claro que faria algumas. Mas devido à minha perna aleijada nunca vou poder subir nos Alpes ou numa simples montanha.

Mesmo não podendo, visto a roupagem, numa montagem perfeita, para me servir de consolação.

Vou estar no cume daqui a nada.

JOSE HELENO GAGARIN

Sonhei que fui à Lua numa expedição inesquecível ao Espaço. Foi na semana passada.
Recebi o convite do Yuri Gagarin, convite que muito me honrou e logo aceitei. Comecei os preparativos, tomei os treinos adequados e no dia marcado estava lá, pronto para realizar um dos sonhos mais irrealizáveis dos homens.
Sair da Terra é a parte mais difícil de uma viagem ao Espaço. Uma grande força, a gravidade, tenta puxar para o centro a nave espacial. A gravidade é a força que faz os objectos caírem ao chão. É a gravidade que mantém os objectos na Terra e que as impede de voarem para o Espaço. Ela tem influência mesmo nas naves espaciais perto da Terra. Fá-las circular à volta da terra e é o que chamamos de entrar em Órbita. É difícil enviar uma nave espacial à Lua ou a um Planeta porque estão sempre a mover-se. Uma viagem ao espaço tem que ser cuidadosamente planeada, por isso é controlada por muitos técnicos e computadores. Leva tanto tempo que um Planeta já se terá movido, quando a nave espacial lá chegar. Esta tem de ser lançada para o sítio onde o Planeta vai estar no fim da sua viagem.
Uma das mais excitantes missões espaciais foi a primeira descida do homem na lua. Aconteceu em 1969. Este gigantesco foguetão de três secções levou os três astronautas da nave “Apollo” à Lua. Depois desta primeira experiência, muitas outras já foram realizadas e cada vez com maior sucesso devido ao avanço da ciência. Provavelmente, devo ter sido o primeiro pastor a pisar o território lunar, apesar de ter sido em sonho. Lembro ter levado a minha Bíblia e o meu hinário, e enquanto estava a tentar abrir o hinário para cantar o hino nº 5, sem sucesso por causa da inexistência da gravidade, o meu telemóvel despertou. Eram seis da manhã. Acordei na Terra em cima da minha cama depois de uma aventura espacial.
Apesar de ter sido apenas um sonho, deu para ver que, realmente, o Espaço é mesmo espacial.

José Heleno

REV DANILO CARVALHO

Caros amigos!
As mudancas às vezes implicam muitas alterações. Estávamos a contar ter o mesmo número de telefone mas no foi possívil. Assim anotem o novo número de telefone - 00441612828820.
Um abraço,
Danilo

Monday, July 30, 2007

REV BRAZ CARDOSO

O rev Braz Cardoso é pastor em Fajã de Sao Nicolau. É casado com Eunice já lá vão 15 anos. Têm dois filhos: Josias e Cassio.
Depois de ter começado o seu ministerio em São Nicolau, foi para Tomé Barraz onde passou 5 anos. Depois voltou a São Nicolau para pastorear a única Igreja da Ilha que ainda nao tinha pastoreado - Fajã.

Ele é natural da Iha do Fogo e converteu-se em 15 de Janeiro de 1986, na Igreja de Achada de Santo Antonio, aos 20 anos de idade.

Formou-se pelo Seminario Nazareno de Cabo Verde em 1992. O seu primeiro campo foi Tarrafal de Sao Nicolau, onde, curiosamente, foi organizada a Igreja do Nazareno este ano. O pastor Carlos Graça foi indigitado para pastorear esta Igreja.

Não restam dúvidas de que o Rev Braz gosta de São Nicolau.

REV GILBERTO EVORA EM LUXEMBURGO

O Rev. Gilberto Évora estará de viagem no próximo dia 3 de Agosto para Portugal e 6 de Agosto para Luxemburgo. Em Luxemburgo irá conhecer a bisneta, Rânia, filha da sua neta Lorena. Ao todo, o Rev Évora ficará na Europa por 15 dias, entre Portugal e Luxemburgo.
Boa viagem e boas férias ao nosso irmão, sr. Gilberto.

COPA NAZARENA - PRAIA

A Copa Nazarena em Santiago Sul foi um sucesso!
Nesse ultimo sábado, tivemos o nosso ultimo jogo. A Juventude da Achada S. António foi a equipa campeã, vencendo todos os jogos disputados.
Tivemos excelentes jogos, de alto nível técnico (Achadinha X ASA), revelações (jovens de Palmarejo, Plateau e Várzea) e um bom espírito de convivência entre os irmãos!
Enaltecemos o excelente trabalho prestado pelo nosso irmão Pedro Elias (Juca), coordenador da Copa, que sempre esteve disponível e incansável, conseguindo quadra para a realização dos jogos, coletes para as equipas, troféus, etc. Que Deus continue te abençoando! O nosso obrigado!
Oremos que a II Fase possamos melhorar ainda mais e dar o testemunho de Atletas de Cristo.

Bruno Canuto

ILUSTRAÇAO

O ALPINISTA


Contam que um alpinista, desesperado por conquistar uma altíssima montanha, iniciou sua escalada depois de anos de preparação. Como queira a glória só pra si, resolveu subir sem companheiros.
Durante a subida, foi ficando mais tarde e mais tarde e ele, para ganhar tempo, decidiu não acampar, sendo que continuou subindo... e, por fim, ficou escuro.
A noite era muito densa naquela ponto da montanha, e não se podia ver absolutamente nada. Tudo era trevas, visibilidade zero, a lua e as estrelas estavam encobertas pelas nuvens.
Ao subir por um caminho estreito, a poucos metros do topo, escorregou e precipitou-se pelos ares, caindo a uma velocidade vertiginosa.
Naqueles breves segundos da sua queda, sua vida passava-lhe inteira à sua frente. Quando a morte já lhe era certa, de repente, um fortíssimo solavanco... causado pelo esticar da corda à qual estava amarrado e que, por sorte, prendera-se às rochas.
Nesse momento de solidão, suspenso no ar, não havia nada que pudesse fazer, senão pedir socorro aos céus: - Meus Deus, ajude-me!
De repente, uma voz vinda dos céus lhe pergunta: - Que queres que eu te faça?
- Salva-me, meu Deus! Respondeu o alpinista.- Crês realmente que Eu posso salva-lo?- Sim, Senhor, eu creio.- Então, corta a corda!
Depois de um profundo momento de silêncio, o alpinista agarrou-se ainda mais à corda.
- Porque duvidas... não crês que eu posso salvá-lo? Insistiu a voz. – Se creres, verás a glória de Deus.
Conta a equipe de resgate que, no outro dia, encontraram o alpinista morto, congelado, com as mãos firmemente agarradas à corda... a apenas dois metros do chão.

CIRURGIA DE SAMUEL LEITE

Prezados irmãos em Cristo,


O transplante de córnea efectuado no olho direito do nosso filho Samuel correu maravilhosamente bem, afirmou-nos hoje de manhã a médica chefe da equipa operatória: Drª. Leyre Zabala, após cirurgia e recobro, no Hospital de Ordem Terceira em Lisboa. Samuel terá alta amanhã de manhã, se Deus quiser.
Obrigado pelas vossas orações, telefonemas e e-mails que nos enviaram nesse tempo de prova.


Louvemos juntos àquele que é o mesmo: Ontem, Hoje e Eternamente.

Só o Senhor é Deus. A Ele toda honra e glória!

Agradecimentos e carinho de,


Albertina e Adalberto

Sunday, July 29, 2007

SR. PEDRO MONTEIRO

O irmão, Sr. Pedro Monteiro, (foto à direita) membro da nossa Igreja em fajã de São Nicolau, depois de muitos anos a viver no estrangeiro, volta para fixar residência no seu cantinho de Fajã. Foi maritimo, à semelhança de muitos outros irmãos de São Nicolau, por vários anos, e agora que já está reformado, volta e é membro da Junta da Igreja de Fajã.
Deus abençoe ao irmão sr. Pedro

I ANIVERSÁRIO DE CASAMENTO

De aniversário em aniversário vamos nós. Depois de anunciarmos o aniversário de casamento dos irmãos “Araújo”, eis que desta vez e com muito prazer, unimos ao Oziel e à Nélida, neste dia, dia especial, de comemoração e revista aos fotos e presentes recebidos, telefonemas pra cá e pra lá, recebendo felicitações, enfim. I aniversario de uma vida em comum, de amor e compreensão. Associado ao prazer do ministério pastoral, Oziel e Nélida estão felizes.
Hoje (29), no culto devocional, a Igreja, em pé, cantou “parabéns a você” ao casal. Agora à tarde (29), a estas horas, já deve ter começado o lanche oferecido pela Igreja de Tomé Barraz, em homenagem ao casal. À noite têm um jantar especial, a dois, sozinhos, e mais Oziel não disse.
Deus abençoe o vosso lar e o vosso casamento.
A propósito, a Igreja de Tomé Barraz programou para próximo domingo a despedida do casal pastoral actual. Como tínhamos noticiado, vai para Tomé Barraz o casal pastoral Lopes (Saidy e Ester) em substituição ao actual casal que seguirá para o Brasil em meados de Setembro.
O pastor Saidy estará na Brava, no próximo domingo, para receber a Igreja e participar na despedida do pastor Oziel.
É a Igreja sempre caminhando.

Saturday, July 28, 2007

REV FERNANDO CARVALHO

A Bíblia afirma que ninguém pode servir a dois senhores. Apenas um é Senhor: Jesus Cristo é o Senhor!
Deus estava levantando uma Igreja com propósitos. Uma Igreja organizada, motivada, saudável. Deus queria uma Igreja poderosa na pregação da Palavra para salvar, curar e restaurar.
A Igreja estava envolvida com o crescimento, tentando alcançar a sua comunidade, atraindo uma multidão para Cristo através do testemunho e milagres que fazia.
A Igreja experimentava um grande mover do Espírito. Deus estava purificando a Sua Igreja com fogo na alma, preparando-a para conquistar o mundo.
Deus estava transformando frequentadores em membros, desenvolvendo membros maduros, e transformando membros em ministros. O impacto foi tão forte que caiu grande temor sobre o povo.
I – Afasta da Igreja o pecado e a hipocrisia – v. 1 a 10
Pecado é uma aberração contra Deus e todo aquele que peca constitui-se inimigo de Deus e afasta o homem d’ Ele. O pecado gera a morte mas Cristo dá vida.
O Espírito de Deus era conveniente para trazer sinceridade, honestidade e uma vida sem falsidade.
II – Aumenta a santidade e sinceridade – v. 12 a 16
Houve união e harmonia com Deus depois da limpeza.
Santidade é símbolo de pureza, de libertação e de separação. Jesus usou a metáfora da árvore no capítulo 15 de João para mostrar que a vida precisa de limpeza para produzir.
Condição era separar-se das coisas contaminadas. Assim teria maior santidade no crescimento e reconhecimento da Sua grandeza. (II Coríntios 7: 1)
III – Cria espírito de submissão e obediência – v. 9, 29 a 32
IV – Confirma a presença real de Deus – v. 34 a 39
Conclusão
O crescimento da Igreja depende do nosso envolvimento e da presença de Deus. Em Jerusalém foi real porque acharam conveniente a presença do Espírito de Deus.


Rev. Fernando Carvalho

ALCIONE É ANIVERSARIANTE

Não se deve dizer quantos anos uma Senhora faz quando festeja o seu aniversário. Mas a Alcione acabou dizendo que fez uma bonita idade (ver seu comentário), só não disse onde e como vai festejar. Desejamos a ela, ao Rev Gonçalves e aos filhos, muitas felicidades, muitos anos de vida, muita saúde, muitas bençãos de Deus, aliás, "muitos" combina com a nossa irmã Alcione.
Mande-nos contar como está sendo a festa.

Parabens, Irmã. Sabe que a temos em grande estima.

Deus te abençoe

PEDIDO DE ORAÇAO

Irmãos em Cristo e Familiares

Saudações de Paz, em Cristo!

Por favor juntem-se a nós em oração por Samuel, que submeterá a uma intervenção cirúrgica (TRANSPLANTE DE CÓRNEA NO OLHO DIREITO) na próxima Segunda Feira, no hospital Ordem Terceira em Lisboa às 08:30 horas.

Deus é o mesmo. Esteve com Samuel quando do transplante de córnea no olho esquerdo, anos atrás, certamente operará com força para o ajudar neste outro.

Cientes de Suas promessas, estamos tomando posse pela fé de Sua Vitória sobre o nosso filho – Efésios 3:19-20.
Por favor orem connosco e por nós.- Tiago 5:16 “…orai uns pelos outros para que sareis”.

Muito obrigado.

Com amizade e amor fraterrnal,
Albertina e Adalberto Leite

COMENTARIO - COLUNA DR. JOAO GOMES

Nao poderia ter lido outro documento tao rico e edificante como este, no dia dos meus anos .Me abençoou e me enriqueceu. Hoje, 28 de Julho, ás 05:20 da manha, farei 29 anos de vida, Aleluia!A minha oraçao é que eu seja uma cristã autêntica, profunda e determinada em conhecer ao SENHOR MEU DEUS mais e mais.

Alcione Gonçalves -
Holanda

Friday, July 27, 2007

CASAMENTO D.EUNICE/REV. ARAUJO








O Templo da Igreja da Praia esteve vestido de flores. A ocasião justificava. Era o casamento da jovem Eunice com o Seminarista/Finalista David Araújo.
Era 31 de Julho de 1984, pelas 16h.
David, trajado com fato castanho-claro com colete por baixo, Eunice, tida na altura, como uma das moças mais linda da Igreja da Praia, vestida toda de branco, de véu e grinalda com o tradicional buquê de flores naturais na mão esquerda, com a direita segura o marido, formando um quadro digno de ser pendurado na parede de qualquer museu, para todo o mundo ver. O mundo precisa ver este quadro. Intacto há 23 anos. Muitos queixam de que, tendo sede, não encontram fontes para beberem. Fontes de inspiração.
Este quadro, qual fonte inspiradora, nos convida a reeditá-la. O exemplo é digno de ser seguido.
O Rev Barbosa Vasconcelos que presidiu a cerimonia, falou de uma só carne, de um caminho comum que estava se abrindo e que ninguém poderia interromper o seu percurso. Dito e feito. O Profeta de Deus falou e a profecia está-se cumprindo cada dia.
Terminada a cerimonia religiosa começou a procissão de carros pelas ruas da cidade, com apitos, como é de praxe, até à casa dos pais da noiva na Fazenda.
Sr. Lourenço e D. Adriana fizeram tudo à medida. D. Eunice, ainda hoje, quando fala do empenho dos seus pais, não consegue suster as lágrimas.
Depois da festa, os recém-casados rumaram a S. Francisco onde passaram a lua-de-mel.
No mesmo ano, o casal Araújo foi colocado pelo Comité Executivo em São Nicolau, como único pastor para as três Igrejas da Ilha.
Assim foram os primeiros passos do casal Araújo.
No dia 31 de Julho será o vigésimo terceiro aniversario do casamento do nosso Superintendente, Rev David Araújo e Dra. Ana Eunice Araújo.
O casal tem duas filhas: Sharnian e Samira.
Parabéns e continuação de muitas felicidades ao casal.

COMENTARIO - COLUNA DO DR. JOAO GOMES

Artigo mais bonito e consciencioso ... nao ha duvida que reflecte exactamente as tendencias. Como observa o Dr. J.Gomes, eu tambem espero que nao inventem cachupa "light", embora meu receio e que nada vai se escapar a essa tendencia. Um bom fim de semana.
Hamilton silva

Nota: Sr. Hamilton Silva vive na Guiana Inglesa e é capitão da Marinha Mercante

Thursday, July 26, 2007

COLUNA DO DR. JOÃO GOMES



GERAÇÃO “LIGHT”





«Não há nada como a profundidade para nos tornar insatisfeitos com as coisas superficiais»
A frase que encima este artigo está plasmada num livro muito pequeno em tamanho, mas enormemente interessante, intitulado “Intimidade com o Todo-Poderoso” de Charles R. Swindoll, cuja leitura, vivamente, aconselho a todos os que navegam por este site. Ao lê-lo, não pude deixar de concordar com esse escritor e à minha mente, logo, veio o título em epígrafe. Antes de prosseguir, devo esclarecer que a palavra inglesa do título não tem o sentido do substantivo “Luz” mas do adjectivo leve, superficial, ligeiro, frívolo ou trivial.
Efectivamente, a superficialidade tem tomado conta de quase tudo. Muitas das relações de amizade são frívolas e ligeiras, as relações amorosas tornaram-se superficiais, as opiniões são dadas de forma frívola, os pensamentos tornaram-se “light” e os discursos da mais diferente índole ficaram, confrangedoramente, rasas. No campo da alimentação e da bebida, talvez ocasionado pela excessiva preocupação com a figura física, tudo tornou-se “light”. É a Coca-cola “light”, é a manteiga “light”, é a água “light”, é o iogurte “light”, todos prometendo contribuir para a garbosidade do corpo. Só espero que nunca se invente cachupa “light”, pois cachupa que se preze tem de ter toucinho, chouriço, carne de vaca, de porco, atum, fava, feijão e outras iguarias que de “light” nada têm.
No reino espiritual, a superficialidade pode ser vista em muitas dimensões. No campo do louvor, por exemplo, há uma excessiva preocupação com as batidas que hipnotizam os sentidos, mas grande parte das letras não edificam, são leves. Algumas até são absurdas, como umaa que ouvi há uns tempos atrás que dizia qualquer coisa assim: «Deus estava namorando quando por mim se apaixonou». Imagine-se! E os nossos jovens (nem todos e não é sempre, justiça lhes seja feita) cantam coisas do género sem sequer preocuparem-se com a dimensão e o alcance das palavras que lhes saem da boca.
Outros, por este mundo fora, ao pregarem a Palavra de Deus, perdem imenso tempo a contar histórias infindáveis sobre a vida deles, e como as mensagens são superficiais, enchem-nas de ámens e aleluias, muitas vezes introduzidas sem sentido, esquecendo-se que ámen significa «assim seja» e aleluia «Deus seja louvado»! Então acontecem casos caricatos como o daquele que, no meio de uma pregação saiu-se com esta: «antes eu era um fora-da-lei, ámen irmãos?» e a congregação responde «ámen»! Quanta superficialidade, Meu Deus! Muitos passam anos da vida cristã sem ler um livro que aprofunde o seu conhecimento em relação às “coisas” do Reino, limitando a ler os mesmos salmos e os mesmos versículos, sem a preocupação de ser cristãos racionais, que entendem os fundamentos da Fé. Não estou afirmando que todos temos de ser intelectuais e ter o saber enciclopédico desse grande HOMEM de DEUS que é o Rev. António Marcelino Barbosa, mas estou pondo o acento tónico sobre a necessidade de aprofundarmos nosso entendimento sobre a Santa Palavra, para melhor compreendermos qual é a boa, perfeita e agradável vontade de Deus.
Para sermos mais profundos, temos de ter uma cada vez maior intimidade com Deus. Charles R. Swindoll no livro supra referido nos exorta a irmos mais a fundo e a não ficarmos satisfeitos com as coisas superficiais, pois a sabedoria de Deus é profunda, definida como “insondável” e “inescrutável” – Romanos 11:33. Quem se contentar em ser superficial, em ser “light” na sua relação com o Todo-Poderoso, jamais descobrirá imensas riquezas que estão escondidas. Afinal, o tesouro mais valioso é aquele que é encontrado depois de muito escavar. As pérolas não são muito valiosas por serem raras e serem encontradas a grandes profundidades? «O Senhor opera em domínios muito além da nossa capacidade de compreender, mas Ele espera que nós exploremos e experimentemos aquilo que está para além do óbvio» - op. cit. pág.15! Vamos procurar ser pessoas profundas e não geração “light”.
Deus vos abençoe!

PEDIDO DE ORAÇAO - URGENTE

Sr. Frank de Fajã (foto oportunamente), nosso irmão, pai da Eunice e Ana Maria, esposas dos Rev Braz Cardoso e Fernando Carvalho, respectivamente, encontra-se doente.
Ele está nos Estados Unidos, na companhia da esposa, para onde se deslocara para fazer algumas consultas. Os exames mostraram que ele está com câncer de próstata.
Por ser um homem de fé, pede ao povo de Deus que ore a seu favor.
Foi marítimo por muitos anos, enfrentou muitos mares com ondas gigantes, longe da esposa e dos filhos. Deus o guardou. Esta é apenas mais uma daquelas “ondas” que Sr. Frank vai vencer. Desta vez tem a esposa, os filhos, os netos e todos nós, povo de Deus, à volta dele.
Na próxima Assembleia do Distrito teremos o Sr. Frank a dar mais um, dos muitos testemunhos de vitória, que já deu ao longo da sua vida.
Vamos todos orar a favor do Sr. Francisco Andrade.
Prometo mais dados a respeito da saúde do Sr. Frank.

Wednesday, July 25, 2007

JARDIM INFANTIL – MONTE SOSSEGO

A Igreja local pensou e pensou bem. O Jardim Infantil da Igreja de Monte Sossego se chama: “Jardim D. Laidinha Lima”. É bom saber e ver que os nossos estão a ser homenageados. Melhor ainda quando é em vida.
Rev. Gilberto Évora já dizia que as flores devem ser dadas em vida. A nossa irmã D. Laidinha merece. É de aplaudir esta excelente iniciativa de Monte Sossego. Já agora, muitas outras podiam ser tomadas por quem de direito. Para quando uma homenagem ou timbre do seu nome em alguma Igreja local como homenagem singela. Refiro-me à D. Idalina Barreto, ex-governanta do Seminário Nazareno. E porque não falar de uma homenagem ao Sr. Eugénio Duarte.
Monte Sossego e outras Igrejas já deram o pontapé de saída. O exemplo precisa ser seguido.
Uma simples homenagem pode fazer grande efeito. Experimente.

IGREJA DE ESPARGOS

O pastor local, Rev Luís Monteiro, apresentou o seu relatório no domingo passado à Igreja local. A congregação aplaudiu de pé e a Junta da Igreja manifestou o seu apreço ao trabalho abnegado que vem sendo feito pelo Rev Luís Monteiro.
Bem está servo bom e fiel.

ESCOLA DOMINICAL NOS ARREDORES

A Igreja de Palmarejo vai regularmente a Porto Mosquito fazer Escola Dominical.
Os resultados são animadores e já se fala em chegar também a Gouveia.
Cidade Velha está à espera da sua vez.


Deus abençoe esta iniciativa.

IGREJA DE RIBEIRA BRAVA

A Dra. Maria Odette Pinheiro, directora do nosso Seminário, dirigiu uma semana especial em Ribeira Brava de 11 a 16 de Julho, próximo passado.
A Igreja esteve animada e as mensagens ungidas tocaram fundo aos que se dignaram assistir. O último dia foi tremendo. Houve testemunhos arrepiantes.
A Igreja está no caminho certo. É Deus a cumprir a sua promessa
.

TEMPLO DE RIBEIRA GRANDE

O Templo da Igreja do Nazareno em Ribeira Grande – Santo Antão vai sofrer uma profunda restauração. As obras começaram a três semanas atrás e o prazo para sua conclusão está marcada para 31 de Dezembro próximo.
O actual santuário que é de soalho será substituído por betão armado e a intervenção será tanto no interior como no exterior do Templo.
Esta obra está a ser possível graças ao contrato-programa assinado com o Governo de Cabo Verde. Da parte do Governo esteve em Ribeira Grande, Sua Excelência Senhora Secretária de Estado das Finanças, Dra. Leonesa Fortes, para assinar o citado contrato-programa. O acto aconteceu no templo local.
Nossa profunda gratidão ao nosso Governo pelo gesto.

HORA DI BAI

O pastor Saidy Lopes despede-se da Igreja de Ponta de Sol, próximo domingo, rumo a Tomé Barraz – Brava.
Depois de três anos em Ponta de Sol, Saidy e Ester desmontam a tenda para voltar a armá-la em Tomé Barraz. Assim é a vida do obreiro. Foi assim com Paulo, com João Wesley, com João José Dias, com Álvaro Barbosa Andrade, é assim com Saidy Lopes, será sempre assim com todos os pastores. A tenda do pastor tem de ser desmontável.
Esta dinâmica de tendas pra cá e pra lá, renova a paixão no coração do pastor.
Cada mudança é uma nova oportunidade que Deus nos concede para fazermos mais e melhor para a sua obra. O melhor lugar é o lugar onde estamos.
Saidy e Ester: Brava, o berço do Evangelho em Cabo Verde, será o berço para o vosso primogénito. Força e rico ministério.

Monday, July 23, 2007

FALECEU D. LITICIA

D. Litícia é membro da nossa Igreja em Tomé Barraz. Ela faleceu este sabado, depois de se encontrar doente na Praia, por alguns dias.
O funeral foi realizado no sabado à tarde pelo Rev. Antonio Barbosa Andrade.

Ela contava com 75 anos. Foi promovida à gloria depois de uma vida dedicada a Deus e à sua família.

À família de D.Litícia, as nossas sentidas condolências.






GRUPO DE TRABALHO E TESTEMUNHO

Segue, amanhã, para S.Vicente, o grupo de trabalho e testemunho liderado pelo pastor Arlindo Tavares e formado por mais 16 elementos. Vão estar uma semana a trabalhar na moradia pastoral da Igreja de Monte Sossego. O trabalho é voluntário mas mesmo assim enfrentam muitas dificuldades. Ainda não têm todo o dinheiro para comprar todas as passagens e se o leitor, estiver a entender o alcance deste trabalho e quiser contribuir com uma passagem de barco, no valor de 7000.00, seria uma notícia angelical. Contribua como puder para ajudar os nossos irmãos no excelente trabalho que vem fazendo. Tudo será para Deus. O grupo agradeceria.
Apelo a todos que sejam generosos fazendo o que estiver ao alcance de cada um.
Dai e ser-vos-á dado.

REV. ULISSES FAZ ANOS

No dia 19 de Julho, o Rev Ulisses Amado, pastor em Achadinha, fez anos.
A pouco estivemos juntos e ele me mostrou uma carta de parabéns que sua filha Marina lhe escreveu, Só visto.
Quem recebe uma carta assim não precisa de mais nenhuma. Se é orgulhoso (entenda-se) mais orgulhoso ficou. E razão não é para menos.
Assim vale a pena fazer anos.
Prometo publicar a carta.
Fiquem atentos.
Parabéns ao colega Ulisses

PROGRAMA DE RADIO

Um problema tecnico nos computadores da Radio Comercial impediu o nosso programa de sair no último sabado. Porque já está resolvido, o programa sai proximo sabado, 18h, com reposiçao domindo às 9h da manhã. Gostariamos de pedir aos ouvintes do programa de radio que nos mandassem sugestoes para podermos melhorar. O nosso email é: joseheleno67@gmail.com
Brevemente devemos iniciar, desta vez, na RCV, o programa "A Hora Nazarena". O formato será novo e está ainda em montagem, pelo que, havendo alguma ideia interessante, gostariamos de incorporar para que o programa seja o mais Nazareno possivel. Fico à espera.

Orem por mim.

José Heleno Pereira

HORA DI BAI

Neste momento de partida a nossa alegria é muita, e as saudades já são tantas, mas estamos terminando com sentimento do dever comprido, pois são algumas as evidencias que nos mostram que o pouco que conseguimos fazer deu algum resultado, de salientar, tivemos algumas melhorias e crescimento como por exemplo: 20 baptismos, 20 novos membros, um inédito casamento, algo que não acontecia nesta igreja há mais de 14 anos, muitas conversões e reconciliações, qualificações das duas equipas para a face final da copa nazarena (masculino e feminino) também muitas visitas.
Foi difícil para nós, apresentar o nosso primeiro e ultimo relatório entre choros e saudades mútua, pois o desejo é de ficar, mas a necessidade é de partir.
Neste momento estamos no processo de obtenção do visto, apresentar o nosso relatório a 54 Assembleia Distrital e logo em princípios de Setembro partir para o Brasil por um período de dois anos e meio para continuar os estudos teológicos.
Saudações a todos os colegas e irmãos.


Orem por nós.
Nelida e Oziel Morais
Tome Barraz - Brava

SEMINARIO NAZARENO

Ontem, 22 de Julho, o nosso Seminário em S.Vicente teve mais um dia grande. É que, Eliseu Delgado recebeu o seu diploma no culto de formatura, 19h, no templo da Igreja do Mindelo.
Para o efeito, o Superintendente deslocou-se a S.Vicente.
Todos nós somos devedores ao Seminário Nazareno de Cabo Verde.
Qual é o Seminarista que, em dias de muita canseira, não terá adormecido no sofá laranja da sala do Seminário? E enquanto estiver a descansar, um colega resolve tocar o piano da sala, no canto direito, desafinadamente, só para provocar o seminarista dorminhoco.
Hoje somos o que o Seminário nos preparou para ser.
Obrigado, Seminário Nazareno de Cabo Verde.

Friday, July 20, 2007

CIDADE DA PRAIA ÀS ESCURAS

Ontem à noite a cidade da Praia, nossa capital, esteve às escuras quase toda a noite. Hoje, começou as cortes, e nesta hora, o ciber de onde estou a escrever esta nota, trabalha com seu proprio motor.
A penuria ja começou.
Se a cidade, à luz do dia, está insegura, à noite, em pleno escuro, imaginem a afronta. A electricidade nao é barata, sofremos pagando caro uma luz que nao ilumina, ninguem responde sobre o que se passa e quando vai passar de vez. Isto é o que se pode chamar de orfandade.
A electra nao responde. Ninguem responde.
Esta é a terra que temos. Livres mas no escuro.
Este é apenas um grito silencioso de miseriacordia
Até quando, até quando,

LEMBRANÇA

Qualquer visitante que queira escrever-nos ou enviar-nos a sua opiniao/sugestao, pode faze-lo pelo seguinte email:
O meu telefone é 2617404/9828966

CASAL CORREIA EM CANARIAS

Segue, esta semana, para Canárias, o casal Correia (Gastão e Any) para um tempo de ferias.
O Rev. Gastão chegou ontem do Fogo e a Any deve chegar a qualquer momento de S.Vicente, onde foi visitar a mãe e também deixar e fintar a Aline, para se ajuntarem na Praia e depois seguir viagem rumo a Canárias.
O Rev. Aderito se encontra em Canárias para onde se deslocara na semana passada.
Alguém já disse: Com Canárias aqui tão perto podia-se pensar num retiro-ferias de casais pastorais (só os que podem) em Terra de “nostros vizinos”. A ideia não é má e nem muito cara, talvez até mais barata que alguns sítios cá dentro. Com planos podíamos chegar lá. Confesso que alinharia, se até lá estiver a poder.
Por enquanto, para nós, é só ver postais.
Boa viagem aos irmanos: Gastão e Any.

REV. DANIEL LEITE EM CABO VERDE

O casal Leite ( Daniel e Valesca) chega a Cabo Verde, amanha, sábado. Os irmãos leite estarão por três semanas em S.Vicente e algumas horas na Praia. A visita é familiar.
Bem vindo, irmãos Leite.

CASAIS DE ACHADINHA EM RETIRO

Será desta sexta a domingo, dois dias, na Baía Verde – Tarrafal, o retiro de casais casados de Achadinha. Depois de ter sido adiado, eis que desta vez é mesmo a valer.
O tempo será, segundo organizadores, de refrigério para os casais, de aprendizagem e de muita comida. Os temas temperados não vão faltar.
Bom retiro aos irmãos de Achadinha.

MAIS UM PIROGA ENCONTRADO

Depois de na semana passada ter chegado ao Fogo um Piroga com mais de 100 clandestinos, desta vez, é a S.Vicente. Foi avistada nesta madrugada pelo navio de combustível “Boavista”, nas imediações de S. Pedro, a cerca de 2 milhas, mais um Piroga com clandestinos a bordo. Supõe-se que possa ter entre 12 a 15 metros de comprimento. O numero de clandestinos a bordo foi estimado em mais de uma centena.
O capitão dos portos de Barlavento confirma a noticia e adianta que o navio da Guarda Costeira “Tainha” já se encontra com a Piroga rebocada rumo ao Porto Grande de Mindelo onde deve chegar nas próximas horas.
Uma outra informação ligada ao mar nos diz que o navio “Praia D’Aguada, que fazia a ligação: Praia-S.Vicente, via Sal, teve uma avaria no sistema de propulsão e os muitos passageiros a bordo não ganharam pelo susto. O Navio atracou à meia-noite de ontem em Mindelo com todos os passageiros são e salvos.

Thursday, July 19, 2007

EMAIL DA LORENA LIMA


Ola Pastor José Heleno

Foi com grande satisfaçao que tomamos conhecimento do seu blog que nos tem mantido informado quanto às noticias da Igreja em Cabo verde. Sentimo-nos ligados a vós apesar da distância. Desejo longa continuaçao ao blog e muitas bençaos de Deus para todos.

Vai uma foto da minha familia.

Com amor cristao.

Lorena, Jailson e RaniaMersch Luxemburgo

Wednesday, July 18, 2007

ILUSTRAÇAO

O SONHO DOS RATOS


Era uma vez um bando de ratos que viviam no buraco do assoalho de uma casa velha.Havia ratos de todos os tipos: grandes e pequenos, pretos e brancos, velhos e jovens, fortes e fracos, da roça e da cidade.Mas ninguém ligava para as diferenças, porque todos estavam irmanados em torno de um sonho comum: uns queijos enormes, amarelos, cheiroso, bem pertinho dos seus narizes.Comer o queijo seria a suprema felicidade...Bem pertinho é modo de dizer. Na verdade, o queijo estava imensamente longe, porque entre ele e os ratos estava um gato. O gato era malvado, tinha dentes afiados e não dormia nunca. Por vezes fingia dormir. Mas bastava que um ratinho mais corajoso se aventurasse para fora do buraco para que o gato desse um pulo e, era uma vez um ratinho... Os ratos odiavam o gato.Quanto mais o odiavam mais irmãos se sentiam. O ódio a um inimigo comum os tornava cúmplices de um mesmo desejo: queriam que o gato morresse ou sonhavam com um cachorro.Como nada pudessem fazer, reuniram-se para conversar. Faziam discursos, denunciavam o comportamento do gato (não se sabe bem para quem), e chegaram mesmo a escrever livros com a crítica filosófica dos gatos. Diziam que um dia chegaria em que os gatos seriam abolidos e todos seriam iguais. "Quando se estabelecer a ditadura dos ratos", diziam os camundongos, "então todos serão felizes".- O queijo é grande o bastante para todos, dizia um.- Socializaremos o queijo, dizia outro.Todos batiam palmas e cantavam as mesmas canções.Era comovente ver tanta fraternidade.Como seria bonito quando o gato morresse!Sonhavam. Nos seus sonhos comiam o queijo. E quanto mais o comiam, mais ele crescia. Porque esta é uma das propriedades dos queijos sonhados: não diminuem: crescem sempre.E marchavam juntos, rabos entrelaçados, gritando: "o queijo, já!".Sem que ninguém pudesse explicar como, o fato é que, ao acordarem, numa bela manhã, o gato tinha sumido.O queijo continuava lá, mais belo do que nunca. Bastaria dar uns poucos passos para fora do buraco.Olharam cuidadosamente ao redor. Aquilo poderia ser um truque do gato. Mas não era.
O gato havia desaparecido mesmo.Chegara o dia glorioso, e dos ratos surgiu um brado retumbante de alegria. Todos se lançaram ao queijo, irmanados numa fome comum.E foi então que a transformação aconteceu.Bastou a primeira mordida.Compreenderam, repentinamente, que os queijos de verdade são diferentes dos queijos sonhados. Quando comidos, em vez de crescer, diminuem.Assim, quanto maior o número dos ratos a comer o queijo, menor o naco para cada um. Os ratos começaram a olhar uns para os outros como se fossem inimigos. Olharam, cada um para a boca dos outros, para ver quanto do queijo haviam comido. E os olhares se enfureceram. Arreganharam os dentes.Esqueceram - se do gato.Eram seus próprios inimigos.A briga começou.Os mais fortes expulsaram os mais fracos a dentadas.E, ato contínuo, começaram a brigar entre si.Alguns ameaçaram chamar o gato, alegando que só assim se restabeleceria a ordem.O projeto de socialização do queijo foi aprovado nos seguintes termos:"Qualquer pedaço de queijo poderá ser tomado dos seus proprietários para ser dado a os ratos magros, desde que este pedaço tenha sido abandonado pelo dono".Mas como rato algum jamais abandonou um queijo, os ratos magros foram condenados a ficar esperando..Os ratinhos magros, de dentro do buraco escuro, não podiam compreender o que havia acontecido. O mais inexplicável era a transformação que se operara no focinho dos ratos fortes, agora donos do queijo. Tinham todo o jeito do gato, o olhar malvado, os dentes à mostra.Os ratos magros nem mais conseguiam perceber a diferença entre o gato de antes e os ratos de agora. E compreenderam, então, que não havia diferença alguma. Pois todo rato que fica dono do queijo vira gato.
Não é por acidente que os nomes são tão parecidos.

Sabe porém, isto, que nos últimos dias sobrevirão tempos penosos; pois os homens serão amantes de si mesmos, gananciosos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a seus pais, ingratos, ímpios, sem afeição natural, implacáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando-lhe o poder.
II Timóteo 3.1-5

PASTOR EVANGÉLICO ESTAVA ENTRE AS VÍTIMAS

Luiz Antônio Rodrigues da Luz, 43 anos, conhecido pastor evangélico no sul do País, estava entre as vítimas do Airbus da TAM.
O pastor era membro da Igreja Assembléia de Deus e trabalhava principalmente nas cidades do sul, como Camboriú, em Santa Catarina. Ele tinha dezenas de seguidores que o acompanhavam em reuniões religiosas por diferentes Estados.
Luiz Antônio Rodrigues da Luz era casado com Maria Isabel da Luz e deixou três filhos: Eliezer, Priscila e Juliano.

ESTUDANTE É ASSASSINADA NUMA SALA DO ISE

Uma estudante do curso Filosofia, no Instituto Superior de Educação, ISE, foi assassinada, na noite desta terça-feira, por volta das 19 horas, pelo próprio marido, numa das salas do ISE.

De acordo com informações recolhidas esta manhã, a estudante de nome Carla Sofia, de 21 anos, mãe de uma filha foi assassinada com dois tiros, pelo próprio companheiro, depois de uma discussão entre os dois.
Temos informaçoes segundo as quais a propria mãe da Carla teria sido assassinada pelo marido que é pai da Carla.
O assassínio foi se entregar a Polícia.
Supõe que seja por causa passional.
O funeral de Carla Sofia está agendada para hoje á tarde.

ARISTIDES PEREIRA HOSPITALIZADO

O ex- Presidente da República, Aristides Pereira, está hospitalizado desde anteontem, segunda-feira, num hospital de Nantes, em França. Aristides Pereira que seguia em direcção à capital portuguesa, com proveniência de Londres, num voo da TAP, sentiu-se mal a bordo, e o avião teve de efectuar uma aterragem de emergência em Nantes, França.
A informação é avançada pela Lusa que, entretanto, adianta que o antigo Chefe de Estado está a “recuperar bem”, devendo nos próximos dias deixar a unidade hospitalar.
Aristides Pereira, 83 anos, que se faz acompanhar da sua esposa, foi vítima de um problema cardíaco mas a situação está controlada, felizmente.

Tuesday, July 17, 2007

REV GILBERTO EVORA


Encontramos no "Elo" um pedido de oração a favor da saude do Rev. Evova.

Oremos pelo nosso irmao.

IGREJA EM S.JORGE – FOGO

Como tínhamos anunciado, foi organizada, no último domingo, a mais nova Igreja do Nazareno no nosso Distrito.
O culto de Oficialização, devido a assistência muita alta, foi realizado na rua principal de S.Jorge. O trabalho que todos os pastores fizeram foi coroado com uma igreja de 20 membros e com sinais de que a ida a S.Jorge, todo esse tempo, não foi em vão.
Parece que doravante, em cada ano, uma Igreja é organizada no Fogo. No ano passado foi a Igreja de Figueira Pavão, este ano é a Igreja de S.Jorge. Próximo ano, onde será?
Não há Sambalates, nem Mornalates, capazes de travar este desempenho. Se fosse obra por mérito de homens, já era. Mas porque é de Deus e não de homens, todos participamos, em igualdade de circunstância.
A Igreja é de Deus. Nós apenas servos.
Deus abençoe o Pastor Carlos Jorge.

PARABENS A VOCE


É aniversariante hoje, 17 de Julho, o nosso colega, Reverendo Samuel Santos.
Muitos anos de vida juntamente com a sua família, muita saúde para poder continuar a alimentar os seus peixinhos.
Deus te abençoe, broda.


(a foto é da Sara, filha dele)

NAO HA PALAVRAS

Nilson venceu e convenceu. Cantou e encantou.
Lágrimas tomaram conta do lugar, de tanta alegria, quando júri confirmou o que mais ninguém tinha dúvidas. Primeiro lugar para Nilson. A concorrência ficou longe, muito longe.
Se num concurso de vozes o que conta para o júri é a voz, para a assistência, segundo muitos confessaram, o que mais contou, foi a letra das músicas que o próprio Nilson compôs. São músicas evangélicas que falam profundamente à alma.
No dia seguinte, domingo, ouviu-se, um pouco por todo o lado, pessoas de todas as idades a cantarem as músicas do Nilson. Foi emocionante.
Como prémio recebeu um cheque de 60.000.00. Ainda no palco, Nilson fez questão de dedicar a vitoria a Jesus Cristo e ofereceu o cheque à Igreja de Pedra Badejo e à delegacia de saúde local.
Se a cantar convenceu a ponto de ganhar o primeiro lugar, o seu gesto foi outro momento alto. Quando dedicou a vitoria a Jesus Cristo, jovens crentes na bancada do polivalente empunhavam cartazes com dizeres: “Jesus é Salvador, Jesus é o maior, Só Jesus ta salva, entre outros”. Mais uma vez, debaixo de muitas palmas e lágrimas em muitas faces, num gesto de generosidade rara, Nilson chamou o pastor local para, nas mãos dele, deixar o envelope com o cheque.
Se às vezes acontecem episódios dos quais evitamos falar, esta é daquelas que publicamos aos quatro ventos. Esta vitória do Nilson é também nossa. É de todos os jovens nazarenos. Precisamos vencer no palco, na bancada, na rua mas principalmente lá onde ninguém nos vê. Apenas Deus. Felizmente há muitos como o Nilson que ainda estão no anonimato mas que qualquer dia podem aparecer. Precisam é de espaço e de asas para voarem. E não se esqueçam de fazer como o Nilson: dedicar a vitoria a Jesus Cristo.
Disse ele: “Ao Único que é Digno de todo o louvor”.
Nilson, um exemplo a seguir.
É isto que conta.

O SENHOR ESTEVE CONNOSCO

Mais um ano eclesiástico ficou marcado, na história do nosso percurso ministerial.
Temos lembranças gratas dos dias de refrigério, crescimento saudável da Igreja, tempos que gostaríamos de reviver, em oposição a outros que simplesmente, se tivéssemos poder, apagaríamos da memória.
Mas, no cômputo geral, fazendo o balanço final, comungamos o mesmo sentimento de David: “O Senhor esteve connosco”. Nos períodos em que os homens tentaram ameaçar-nos, com a luta intensa ao rubro, nos dias em que tivemos de partilhar o pão com Judas, coabitar com Sambalate, Deus não ficou indiferente ao que nos aconteceu (Salmos 91:3, Prov. 6:5), e deu-nos o Livramento prometido. Lembro-me da história da tempestade, com Jesus e seus discípulos, de Daniel na cova dos leões, dos três hebreus colocados na fornalha ardente, de centenas de historias que os colegas me contaram ao longo dos meses, e do pronto Livramento outorgado por Deus.
Amados, existe no mundo de hoje um clima de disputa e desavenças, nos campos profissional, conjugal, familiar e social, fazendo-nos correr o risco de perder a noção do perigo e das formas de nos livrarmos do mesmo.
David, o poeta de Deus, aponta o caminho dos céus, recorda os livramentos de Deus e no salmos 124, faz referencia às várias ocasiões na historia de Israel, nas quais o povo poderia sucumbir às ameaças fatais. Das profundezas da alma começa seu caminho ascendente até se levantar. A vida ministerial é poema, com estrofes de ameaças e batalhas (salmos 124:2), mas também com reais e consoladores livramentos do Senhor (salmos 124:1,2).
O Salmista afirma: “O Senhor esteve connosco” – ao nosso lado.
Denota firmeza e segurança, e por esta razão nos mantemos e manteremos de pé.


COLUNA DO DR. JOÃO GOMES

PERDÃO
"O fraco não consegue perdoar nunca. O perdão é o atributo do forte."- Mahatma Gandhi
Todos nós temos um conjunto de valores que constituem a nossa estrutura, e somos ciosos da sua inviolabilidade. Assim, quando alguém viola ou põe em causa aqueles valores, sentimo-nos defraudados, sendo a nossa reacção mais ou menos dura, conforme for a hierarquia do elemento violado. Por exemplo, para mim é mais fácil perdoar a falta de solidariedade de um amigo do que a difamação lançada por esse mesmo amigo em relação a algum dos meus progenitores. Outros perdoam mais facilmente uma traição do que a mera falta de cortesia.
Na verdade, perdoar não é fácil! Quando valores que consideramos parte da nossa idiossincrasia são devassados por outrem, ficamos quase sempre revoltados, levando-nos a tomar, normalmente, uma de duas decisões: “tirar satisfação” junto à pessoa em causa ou pôr a pessoa “de parte”, riscando-a do rol de gente por quem temos consideração. Não tapemos o sol com a peneira – perdoar é uma tarefa assaz exigente! Mas é, justamente, nesses momentos de dor, de traição, de desassossego e de revolta, sentimentos tanto mais intensos quanto mais intensa for a relação que tivermos com o violador, que somos chamados a mostrar nossa nobreza de carácter.
Obviamente, o primeiro passo para nós perdoarmos quem nos ofendeu, tem de ser dado pelo ofensor. Quem não reconhece o erro, não está, certamente, à espera de ser perdoado. Ninguém perdoa alguém que considera não ter praticado acção que mereça perdão. Esta é uma evidência à la palisse. E bastas vezes, reside aqui o cancro! Cometemos uma ofensa contra alguém, mas a nossa arrogância é tão grande que ficamos convencidos não se revestir a nossa acção, de nenhum desvalor. Se assim nos mantivermos, jamais daremos o passo rumo ao perdão da pessoa contra quem pecamos. Aprendamos com Karl Popper, um filósofo austríaco que nos deixou este ensinamento: «reconhecer um erro, é declarar que temos um erro a menos». Então, dispamo-nos das vestes do convencimento de que todas as nossas acções são boas, e reconheçamos as nossas ofensas contra os outros, as quais nem sempre são dolosas, sendo, bastas vezes, praticadas tão-somente com grosseira negligência.
Na posição de ofendidos, sejamos magnânimos! Lembremo-nos dos ensinamentos de Cristo que, falando com os seus discípulos lhes disse «Olhai por vós mesmos. E, se teu irmão pecar contra ti, repreende-o e, se ele se arrepender, perdoa-lhe» - Lucas 17:3. Mas é preciso querer isso mesmo, e não fingir um pretenso gesto de tolerância, quando o ressentimento resiste, estoicamente, em nossos corações. O ressentimento, no dizer de Carrie Fisher, é como beber veneno e esperar que a outra pessoa morra. Mesmo os que andaram bem de perto de Cristo tinham problemas com o perdão. Pedro, tendo por certa a resposta (que era sete) em sua mente, perguntou a Cristo quantas vezes teria de perdoar ao seu irmão. Jesus, radical como sempre foi (e é) mandou multiplicar esse valor por 70 (setenta) – Mateus 18:22. Obviamente, não se trata de uma resposta matemática, pois se assim fosse, a partir da 500ª ofensa, teríamos o caminho livre para não perdoar. O nosso Salvador estava indicando ao discípulo que deveria estar sempre disponível para conceder o perdão.
Assim, sempre que fores ofendido, e tiveres a certeza do arrependimento do ofensor, e ele, de coração aberto, pedir teu perdão, perdoa-lhe, pois no dizer interessante de um pensador «perdoar é como libertar um prisioneiro e depois descobrir que o prisioneiro éramos nós». Deus vos abençoe!

João Gomes

PEDIDO DE CASAMENTO

O pastor Josué ja é noivo. Neste ultimo fim-de-semana, aproveitando a estada no Fogo do Superintendente, pediu a mao da joven Albertina em casamento.
A data do casamento será brevemente anunciada.
Parabéns ao nosso colega Josué

Saturday, July 14, 2007

ULTIMA HORA



Nossas fontes em Mosteiros - Ilha do Fogo informaram-nos que está-se a proceder a transbordo de muitos emigrantes ilegais de uma piroga para botes de boca aberta. O número total ultrapassa a uma centena. De Salientar que o comandante do navio "Barlavento" terá alertado as autoridades maritimas de que, no trajecto Fogo-Praia, terá vislumbrado um piroga com muitos emigrantes a bordo.

A minutos atrás a fragil embarcaçao foi parar ao porto da Vila de Igreja - Mosteiros. Segundo informações crediveis, encontram-se pessoas praticamente moribundas a serem reanimadas pelos agentes sanitários locais. Ainda hoje, os que estiverem em condições deverão ser levados para cidade de S.Filipe.

O agente maritimo da Ilha, que ja se encontra no local, classificou a situaçao de complicada numa declaraçao à radio nacional.

Pela gravidade da noticia, prometemos voltar logo que tenhamos mais informaçoes.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...