Sugestoes

Nao deixe de ler: Por cada 100 casamento, ha 70 divorcios &&&&& Epistolaonline deseja a todos Feliz Natal &&&&& Nao temas, estou contigo &&&&&

Thursday, August 28, 2008

Transmissão da Assembleia em Directo na Net

Foi com grande satisfação, a despeito de algumas falhas técnicas e muitas outras barreiras, que transmitimos em AV a nossa última assembleia. Tal não aconteceria, caso não tivéssemos a indispensável ajuda técnica do Jônatas Barros. No final, a felicidade era total. Mas para lá chegarmos, manda a verdade dizer que pagamos todas as facturas do nosso próprio bolso para não se pensar que mais alguém pagou. Fizemos e se hoje começasse outra assembleia voltaríamos a fazer de novo. Não estamos a pedir que mais alguém nos ajude a pagar os 13.595.00 (custo total da transmissão) mas se aparecer não vamos rejeitar. Este é o preço da paixão que nos arde no peito. É nossa intenção transmitir regularmente algum culto especial e passaremos com devido tempo o aviso para que todos possam assistir, querendo. Tanto era a canseira que nos fez abilolar os olhos.
Como dizia Toi di Gustinha do Fogo: “paixão e tostão no mesmo caixão”.

Rev. Sá Nogueira foi ao acampamento-2008

O nosso amado irmão, Rev. Armando Sá Nogueira muito bem ladeado pela D. Ruth, deixou a idade na Praia e foi ao acampamento. Sendo o pastor em actividade com mais estrada, era suposto que estivesse mais reservado devido ao que alguns ultimamente têm chamado de modernices. Mas não! Ele está na linha da frente, já fez saber que não quer reformar tão cedo e, se dúvidas houvessem, esta sua ida ao acampamento ajudou a dissipá-las. Os mais atentos viram coisa rara no Sr. Armando: ele foi flagrado em mão-de-vaca e passou a maior parte do tempo em t-shirts “JESUS... The Hope”. Desde 1961, ano em que começou a fazer parte da Mocidade Portuguesa, nunca mais deixou de estar envolvido com os jovens. Apesar de nunca ter pertencido a uma direcção distrital da JNI, sempre esteve por perto, porque, segundo a sua própria confissão, acredita na força da Juventude. Talvez seja esta a razão de ainda não lhe ter aparecido nenhum fio de cabelo branco. Ele é um jovem de 63 anos.
Um FIVE a este santo homem de Deus.

Rev. Adérito Ferreira mais uma vez Distinto

Durante os meses de formação teológica na Praia ministrada pelo Seminário teológico, o Rev. Adérito Ferreira teve a melhor media, e, como prémio, durante a formatura em São Vicente, recebeu a insígnia doirada de aluno distinto. Depois de há vinte e um anos ter sido aluno distinto da sua classe no Seminário Nazareno de Cabo Verde, repete a dose recebendo pela segunda vez tal distinção. Como não há duas sem três, possivelmente, com a sua ida para o Mestrado, os responsáveis de Campinas podem providenciar, desde já, a sua terceira insígnia. Pode haver quem não goste, mas nós, que sempre festejamos o sucesso dos nossos, associamo-nos ao brother Adérito nesta hora do pódio. Dele ou de qualquer outro colega, mereceria sempre o nosso aplauso. Neste caso, ele bem merece. Porque é comum vê-lo a festejar a vitória dos outros, é justo que nesta hora juntemos todos e alcemos a bandeira da unidade em torno daquele que está sempre a dar as mãos a quem precisa.
Parabéns, Rev. Adérito Silves Ferreira!

Lidando com Pessoas Difíceis

(8) O Emocionalmente Deficiente
Algumas pessoas têm feridas emocionais tão profundas que desenvolveram uma deficiência de relacionamento com os outros. Você pode demonstrar-lhes amor e bondade, e essas atitudes serão simplesmente ignoradas. Ou no outro extremo: elas podem até agredir você. Muitas vezes os emocionalmente deficientes são apenas pessoas boas que foram feridas e têm cicatrizes emocionais.
Em muitos casos, seu maior desafio será enxergar alem da conduta insatisfatória de alguém. Será preciso ver a dor em seus olhos e sentir a sua dor espiritual. Jesus nos chamou para sermos Seus agentes de cura recíproca. Como dizem as escrituras: “Confessai, pois, os vossos pecados uns aos outros para serdes curados” (Tiago 5:16).
Como o bom samaritano, você precisa ter compaixão e amor por aqueles que sofreram abusos e foram vitimas. O bom samaritano contribuiu para o milagre da cura, carregando o seu “próximo” ferido e cuidando dele (Lucas 10:25-37).
Identificando as necessidades das pessoas difíceis que você serve, a sua resposta poderá conduzir todos (você e elas) à integridade e maturidade. Aproprie-se do amor e da sabedoria de Deus, enquanto você desenvolve estratégias bem-sucedidas para lidar com as pessoas “fora de padrão” da sua igreja.

(3) O Vulcão

As pessoas difíceis do tipo vulcão ora estão explodindo, ora estão acumulando vapor para a próxima explosão. As pessoas que moram com elas vivem em estado constante de tensão. Nunca sabem quando virá a próxima erupção.
Os vulcões geralmente conseguem o que querem por meio de intimidação. Onde quer que estejam, geram tensões.
Tom Peterson é um respeitável homem de negócios na igreja que pastoreei. Um dia lhe perguntei o que ela fazia com um cliente que compra uma televisão só para assistir à final do campeonato de futebol e retorna no dia seguinte feito um touro enfurecido, porque a televisão se apagou no meio do jogo. “Fico lá em pé ouvindo”. Tom me disse. “Ouço um tempão sem dizer uma palavra, a não ser concordar com o que ele está dizendo. Dou tempo até ele se cansar. Depois que ele contar toda a historia, peço para ele repeti-la, para ter certeza de que entendi bem o que aconteceu. Desta vez, no entanto, ele já fala num tom normal de voz”.
Tom demonstra uma maneira eficaz de lidar com o tipo vulcão. Ele ouve com empatia e responde com gentileza. Provérbios 15:1 resume essa estratégia: “a palavra branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira”.

(In Liderança com Propósito, Autores Dale Galloway e Warren Bird, pagina 142-144)

Salão Recreativo e Cultural da Juventude da Praia Inaugurado

(...) No dia 22/2/1965 vivemos a realização dum sonho: inauguramos o Salão Recreativo e Cultural da Juventude. Amplo e arejado, decentemente mobilado, encantou a todos. Como exprimiu o nosso Superintendente, em amável telegrama, nos também oramos por que seja para a Gloria de Deus (...)

“In Epistola, Vol 9 n / 4, Abril/1965”

Casamento em Fajã – São Nicolau

(...) No dia 27 de Janeiro de 1966, embandeirou-se a Fajã para celebrar um agradável acontecimento. De vários pontos ocorreram “bandejas”. A policromia dos vestidos emprestou colorido à paisagem, e o estralejar de foguetes deu um tom festivo ao ambiente. Pelas 11h da manhã, centenas de pessoas fizeram transbordar a sala da Missão para assistirem ao enlace dos irmãos Lourenço Soares e Doti Brito, que junto ao altar, fizeram votos um ao outro e receberam a bênção do senhor para encetarem essa nova fase da sua vida. Aos noivos sinceros votos de felicidades (..).

“In Epistola, Vol. 10, Nº 3, Março/1966”

Rev. Mário Lima baptizado em São Filipe

(...) Dia 18. Foi um grande dia de Páscoa. Na E.D. tivemos 856 alunos. No culto devocional, 41 comungantes na Santa Ceia. À noite o salão era pequeno para comportar as 170 pessoas que ali entraram. Foram baptizados no culto de manha os irmãos João Monteiro, Mário Lima (filho do irmão Lima de Boavista), Graciete Andrade e Maria do Livramento Cardoso. À noite, foram recebidos juntamente com os irmãos transferidos da Praia, de Sal Rei e dos Mosteiros. Foram dedicados os meninos Alberto Fernandes Monteiro, Maria Gabriela Alves e Maria Eunice Lima Barros. A oferta de Páscoa ultrapassou os setecentos escudos. Dia 20. Foram eleitos para a direcção da Juventude: António Gonçalves (prés.) Daniel Alves (vice), Mário Lima (sec.) e João Monteiro (tes.) (...).

“In Epistola, Vol 9, Nº 6, Junho/1965"

Semana de Leigo em São Filipe – Fogo

(...) Dia 7 a 11 – Realizamos a Semana do Leigo. Todos os cultos tiveram boa assistência. Os irmãos António Gonçalves, Pedro Amado, Alcides Araújo, Rolando Lima Barber e Daniel Alves foram os pregadores. O solista da semana foi o nosso irmão António Gonçalves. A igreja esteve animada e abençoada (...).

“In Epistola, Vol. 9, Nº 5, Maio/1965”

Igreja do Nazareno compra terreno em Patim / Fogo

(...) Seguidamente, no domingo de manha, cheguei a São Filipe, onde o pastor, Rev. Almeida, me esperava na praia. Fomos visitar a igreja de Patim, onde já compramos terreno para construção de uma capela. Tive a oportunidade aqui de assistir a Escola Dominical apenas. A sala estava repleta, e muitos sabiam dizer os textos do mês. Infelizmente não me foi possível ficar para o culto devocional (...).

“In Epistola, Vol 9, N 3, Março/1965”

Notícia Triste

Lida aos microfones da “Rádio Barlavento”, às 20.30 h do dia 28 de Novembro de 1964.
Por notícias recebidas dos EUA, chegou ao nosso conhecimento que em Oakland, Califórnia, passou à sua recompensa o Rev. João José Dias, pioneiro da obra evangélica em Cabo Verde.
O extinto era uma figura muito popular em quase todas as ilhas, onde em cada conhecido conquistou um amigo.

“In Epistola, Vol. 9, N – 01, Janeiro/1965"

Notícia Triste

Lida aos microfones da “Rádio Barlavento”, às 20.30 h do dia 28 de Novembro de 1964.
Por notícias recebidas dos EUA, chegou ao nosso conhecimento que em Oakland, Califórnia, passou à sua recompensa o Rev. João José Dias, pioneiro da obra evangélica em Cabo Verde.
O extinto era uma figura muito popular em quase todas as ilhas, onde em cada conhecido conquistou um amigo.

“In Epistola, Vol. 9, N – 01, Janeiro/1965

Tuesday, August 26, 2008

Três novos Presbíteros

O culto de ordenação aconteceu no domingo, 17 de Agosto, em Mindelo. Foi o último ponto da 55ª assembleia distrital que, a todos os títulos, foi abençoada. Os ministros Idrissa Gomes, Ivan Duarte e Fernando Sousa foram confirmados na ordem do presbitério pela imposição das mãos de todos os presbíteros presente e oração do Superintendente Geral, Dr. Jerry Porter. Este acto simboliza a confiança da igreja do nazareno no carácter dos ordenados, daí a recomendação do representante máximo da igreja na seguinte expressão: “prega a Palavra”.
Esta é a segunda vez que não se questionou a condição de solteiro para não se ordenar um ministro. A primeira foi no ano passado quando 4 ministros solteiros foram ordenados em Achada Santo António tendo o próprio Dr. Porter, antes da recomendação da Junta de Credenciais Ministeriais questionado que, caso o apostolo Paulo estivesse presente não teria sido recomendado por causa da sua condição de solteiro. Depois dos 4 do ano passado, eis que este ano mais um solteiro é ordenado, neste caso o Pr. Idrissa. Sinal de que este paradigma já está quebrado.
Mas mesmo com este paradigma ultrapassado, é nossa opinião que o ministério de pastor solteiro deve ser temporário. Todo o pastor deve ser casado e o exemplo de Paulo é excepção, e não regra.
Este capítulo não tem discussão, nem negociação. Os pastores solteiros, ordenados ou não, precisam casar e já.
Ponto final.

Manuela Brito

Ela é especialista em pastelaria. Os que já provaram os salgadinhos e docinhos que ela faz quase tiraram pedaço no dedo. A sua especialidade já é bem conhecida. Nos vários Ministérios, Assembleia Nacional e outras recepções, ela tem fornecido o cardápio.
Coisa sabi é com ela.
Deus abençoe a nossa querida irmã Manuela Brito.

Juventude do Mindelo comparticipa na compra de uma Mula

(...) 30 de Março de 1965. A nossa noite de flores na juventude tomou um aspecto diferente do habitual. Em vez de trazer um ramalhete de flores, cada membro trouxe uma nota ou uma moeda para enfeitar os ramos nus de uma planta colocada na plataforma pela direcção. O alvo foi fixado em três contos, e o dinheiro destinou-se à compra de uma Mula, que há-de facilitar os serviços de evangelismo nos Mosteiros. A Mula transportará o pastor à Chã das caldeiras, onde temos alguns fiéis. (...)

- Roy Henck –

“In Epistola, Vol. 9, Nº 5, Maio/1965”

Família Lima Barber transferido para o Fogo

(...) No dia 29 de Abril de 1964, pelas 17 horas, embarcou a família Lima Barber, que, após nove anos de relevante serviço à igreja e à população, partiu para São Filipe deixando a ilha em lágrimas de saudade.
No dia 12 de Abril, antes da partida da família, dedicámos Liliana Lima Barber ao Senhor. (...)

- João Gonçalves –

“In Epistola, Vol. 8, Nº 6, Junho/1964”

Igreja do Nazareno inaugura Escola Pública em Luzia Nunes – Fogo

(...) 16 de Agosto de 19963. Com a presença do Sr. Administrador Nobre Santos, que se fazia acompanhar do Sr. Director dos C.T.T., em missão especial à ilha do Fogo, e do jornalista Sr. Bragança, inaugurou-se o prédio novo da escola de Luzia Nunes. O Sr. Administrador abriu as portas, entrando seguidamente os visitantes, que literalmente encheram a sala. Alguns alunos, dirigidos pela professora “Mademoiselle”Armanda Silva, cantaram o hino Português. Seguidamente o signatário usou da palavra, agradecendo por fim o Sr. Administrador. Em nota festiva e vitoriosa a igreja do nazareno levantou Mais um facho de luz. (...)

- Gilberto Évora –
“In Epistola, Vol 7, Nº 10, Outubro/1963”

Inauguração de uma nova Missão na Achada Santo António

(...) A convite da igreja local, presidiu a inauguração de uma nova Missão na Achada de Sto António o Rev. S. C. Gay, Superintendente. Trata-se de uma obra de grande valor para o trabalho de Deus naquele arredor. O salão é grande, atraente, bem iluminado e com recheio adequado. Anexa, uma sala de aulas e dependência para a E.D., o que nos tem permitido o funcionamento simultâneo de três classes. Logo após a inauguração – de 4 a 8 de Fevereiro – iniciámos duas Campanhas de Evangelização. A de crianças, com inicio às 17 h, a cargo das irmãs Missionaria, Esposa do Pastor e menina Isabel Maia, e a de adultos, a partir das 18 e 30, a cargo do evangelista Pastor António Leite. Os resultados colhidos foram muito animadores. O aproveitamento entre as crianças ultrapassou a nossa expectativa. As mensagens acessíveis e inspiradas do Pr. Leite foram apoiadas pela rendição de 24 almas. Registamos aqui uma palavra de apreço para o jovem de São Filipe, Marcelino Fernandes (Vivi), pelo testemunho positivo e sincero, e pelos solos de saxofone com que animou a nossa campanha. (...)

- Jorge de Barros -

“In Epistola, Vol 7, Nº 3, Março/1963”

Casal Gomes de Jesus

Este casal (Pr António e D. Gregoria de Jesus) serviu por vários anos em várias das nossas igrejas. Estiveram no Maio, na Boavista, nos Picos, em Mosteiros e no Porto Novo. Hoje, estes irmãos já estão na Glória com o Senhor mas connosco ficou um rico legado.

I Classe de Formatura do Seminário Nazareno

O dia 17 de Fevereiro de 1956 ficou na história como sendo o dia em que se vestiu a batina preta, pela primeira vez em Cabo Verde. Era a formatura dos primeiros finalistas do Seminário Nazareno de Cabo Verde. Eram eles: Eudo & Arlinda Tavares de Almeida, António & Corsínia Nobre Leite, Gilberto & Clarisse Évora, Teobaldo & Onélia Nobre de Melo, Adriano & Jovina Araújo. Esta classe ficou conhecida como a classe-ponte.
Naquela altura, as condições eram precárias. Esta primeira classe não teve o previlegio de desfrutar dos cómodos quartos do LAR na rua Senegal. Este previlegio também poderão não ter os futuros estudantes, se as coisas continuarem como estão. O nosso “LAR” que sempre esteve fresquinha e cheio de plantas; com o piso a receber a cera regularmente; com a cozinha sempre a brilhar; com todas as torneiras sem pingar uma gotinha de água sequer, tudo nos trinques; graças à dedicação da governanta, tia Idalina e dos missionários.
Aquando da despedida da D. Idalina, havia muitas lágrimas, mas pensava-se que a causa fosse os muitos anos da tia dedicados ao LAR. Mas não. Eram lágrimas pelos anos que ela não iria passar no LAR. Bastou apenas alguns, para se ver, ou melhor, para não se ver um vaso sequer de flores no LAR.
Por ocasião da última assembleia em Mindelo, ficamos hospedados no LAR. Fizemos muitas fotos que por questão de ética não publicamos. Todos os pastores que entraram no LAR foram unânimes: Um S.O.S urgente precisa-se. Mais não diremos. Apenas um pedido. Não nos levem a mal, mas como está não pode continuar. Mudança, Mudança, Mudança!!!

A ERA DA EMOÇÃO--José João Neves B. Vicente


Sem esperança, sem projetos e sem perspectivas de ação a serviço de uma utopia ou luta, os homens encontraram na vida emocional o remédio para suas aflições. Na impossibilidade de agir, a emoção ganha força.
Na nossa era, a emoção tornou-se objeto de marketing cujo impacto é cuidadosamente calculado pelos "donos" do nosso lazer, alterando horror, surpresa, tristeza, indignação, alívio, compaixão, lagrimas e uso num jogo de contraste que nos mantém em suspense. Os homens preferem que suas almas sejam remexidas por todas as vibrações do mundo. Por um lado, essas vibrações atenuam os excessos do racionalismo, por outro lado, orienta a sensibilidade pelo caminho da unilateralidade...(clique no titulo para ler mais...)

José João Neves B. Vicente.
Filósofo, pesquisador, professor da Faculdade de Ciências e Educação de Rubiataba (FACER), do Instituto de Filosofia e Teologia Santa Cruz (I FTSC) e Editor da Revista Facer.
E-mail: josebvicente@bol.com.br

Saturday, August 23, 2008

13 coisas que você não poderia morrer sem saber:

01 - Ratos não vomitam.
02 - Os ursos polares são canhotos.
03 - Você pisca aproximadamente 25 mil vezes por dia.
04 - Os russos atendem ao telefone dizendo “Estou ouvindo“.
05 - Ninguém consegue lamber seu próprio cotovelo.
06 - O Oceano Atlântico é mais salgado que o Pacífico.
07 - O elefante é o único animal com quatro joelhos.
08 - A cada ano, 98% dos átomos do seu corpo são substituídos.
09 - Rir durante o dia faz com que você durma melhor a noite.
10 - 15% das mulheres americanas mandam flores para si mesmas no dia dos namorados.
11 - Seu cabelo cresce mais rápido a noite, e você perde em media 100 fios por dia.
12 - A barata consegue sobreviver por nove dias sem a cabeça antes de morrer de fome.
13 - 75% das pessoas que leram essas 13 coisas, tentaram lamber o próprio cotovelo!

"Se você tentou lamber o próprio cotovelo envie este post para alguém, ou indique nosso blog"

Katy e Paulo pilotando um ATR

Os nossos irmãos Katy e Paulo que vivem em Coimbra – Portugal, por enquanto, de passagem por Cabo Verde no passado mês de Julho, na impossibilidade de darem uma saltada à ilha do Fogo, como alternativa, foram conhecer a ilha do Maio.
No regresso, os dois não se coibiram de fazer algumas manobras num dos aparelhos da TACV que os transportara do Maio para Praia. A Katy comanda do lado esquerdo e Paulo co-pilotando do lado direito. Bonito e romântico!
Com a crise de pilotos que assola a nossa transportadora de bandeira, quem sabe, os nossos irmãos vierem a ser contratados.
O que não são capazes de fazer as pessoas oriundas do Fogo?
Parabéns, Katy e Paulo.

Acampamento JNI – 2008

Continua a decorrer no paradisíaco e verdejante vale de Paul – Santo Antão o acampamento deste ano. Com cerca de 300 participantes, com o recém-chegado de Holanda Rev. Gonçalves como evangelista, está na recta final o encontro dos jovens nazarenos.
Chegou-nos a informação de que tudo vai indo na normalidade, exceptuando alguns cortes de energia eléctrica de vez em quando.
Traremos o balanço e fotos logo que evento terminar.

Não me curvarei

(Aos meus colegas pastores)

Curvar-me?
Podem tirar-me a água salutar,
Negar-me o pão da existência,
Esconder-me o indispensável à vida,
- mas não me curvarei!

Curvar-me?
Podem abrir transbordantes diques
Para que a cheia do ódio me afogue,
Podem as mãos das decepções estrangular-me,
Podem as brasas da calúnia queimar-me,
- mas não me curvarei!

Curvar-me?
Dai-me golpes
Com mil punhais da crítica,
Esfaqueai-me com cortes de ingratidão,
Arrancai-me a pele,
Amachucai-me a vida,
- mas não me curvarei!

Curvar-me?
Com a boca maldosa
Triturai-me os dedos que folheiam a Bíblia,
Com a espada da inveja
Decepai-me o braço
Que sustém a dolorosa cruz,
No patíbulo da injustiça
Cortai-me a cabeça
- mas não me curvarei!

Curvar-me?
Ainda que me arranquem a língua,
Ainda que me furem os olhos,
Ainda que me tapem os olhos,
- eu não me curvarei!

Curvar-me?
Deixem de tolices!
Se o corpo cai, morto,
Porque é de barro,
A alma no mundo das Torturas
manter-se-á firme, sustida por Jesus,
Até à Consumação dos Séculos.

- Gilberto Évora

“In Epistola, Vol 4, Nº 12, Dez/1960”

Mas Porquê?

Quando se vai a um jogo de futebol, todos querem os primeiros lugares na tribuna. Quando se vai a um colóquio, todos querem ficar no centro do auditório. Os que frequentam lugares de espectáculos querem sempre os primeiros assentos. Num desfile, todos querem ficar á frente. E quando se vai à igreja, todos preferem o último banco! Mas porquê!

“In Epistola Vol. 5, Nº 6 e 7, Junho e Julho/1961”

Cinquenta anos vos contemplam

Meio século é decorrido desde a data em que a Igreja do Nazareno perfilhou o trabalho que o venerando João José Dias vinha fazendo na sua terra natal de Cabo Verde e a partir de 1901.De então para cá, a semente da Verdade, lançada em terreno de qualidade, nasceu e cresceu com o vigor possante da Juventude, transformando-se numa grande arvore que, em todas as ilhas, oferece hospitaleira sombra ao cansado.
Hoje, prestamos homenagem a esse Ínclito cabo-verdiano, herói da fé, incansável trabalhador e de sublime devoção e amor, que lançou entre nós a primeira pedra do grande edifício, que é a igreja do deus vivo, contra a qual não têm prevalecido – e jamais prevalecerão – as enormes vagas da incredulidade, do ateísmo e das fés transviadas.
Deste marco – 13 de Outubro de 1958 – dirigimos o nosso telescópio da fé para o ano 2008 e vemos as bandeiras de Cristo e de Portugal erguidas no alto de todas as nossas montanhas, dominando todos os nossos vales, e à sombra delas uma multidão inumerável de ex-cansados e oprimidos bebendo da agua que salta para a vida eterna.
Nazarenos! Jesus espera que cada um cumpra o seu dever neste novo meio século.

“In Epistola Vol. 2 Nº 10, Out/1958”

Gente Estranha

Pessoas que falam da oração, mas não oram.
Pessoas que dizem ser o dízimo uma grande coisa, porem, não dizimam.
Pessoas que falam da igreja, todavia, nunca assistem aos cultos, nem ajudam a sustê-las.
Pessoas que têm bom salário, mas só dão moedas à igreja.
Pessoas que se afastam da casa de Deus por coisas triviais e mesmo assim cantam “Firme nas promessas hei-de resistir!”
Pessoas que dizem que a Bíblia é a Palavra de Deus, mas não a lêem.
Pessoas que dizem ser a eternidade mais importante que o tempo, contudo, vivem apenas para esta vida.
Pessoas que criticam por coisas que elas também fazem.
Pessoas que dizem “nós”, falando de realizações em que não tomaram parte.
Pessoas que preferem ouvir de outrem antes o mal do que o bem.
Pessoas que, durante a vida, seguem o diabo, e depois da morte esperam ir para o céu.

“In Epistola, Vol. 3, Nº 5, Maio/1959”

Família Mosteller

Não sabemos quando, mas dentro de pouco tempo estaremos dizendo adeus a estes nossos muito queridos missionários e amigos, há dias escolhidos pela Sede Geral para abrirem, ainda este ano, o trabalho nazareno no Brasil. Esta honra nos custará uma dolorosa separação.

“In Epistola, Vol 2, Nº 1, Jan. /1958”

Família Henck

No dia 17 de Setembro, tivemos o privilégio de receber os missionários Hencks, que ficarão residindo em S. Vicente. Ajudemo-los com as nossas orações e uma cordial recepção.

“In Epístola Set. e Out./ V.3, Nº 9 e 10”

Casal Wood

A 25 de Março deverá chegar a São Vicente o simpático casal missionário Wood, que se faz acompanhar da dilecta filha Carol Ruth que lhes veio alegrar o lar no dia 22 de Outubro passado.
Esperamo-los de braços abertos.

“In Epistola Out. e Nov. /1955”

Silas Eudo

O casal Eudo e Arlinda Almeida presenteou a classe “Raios do Sol” com Silas Eudo, uma criança bem constituída, no dia 31 de Outubro. Parabéns.

“In Epistola Out. e Nov. /1955”

Abertura do novo Templo em Mindelo

Depois de 4 anos e 281 dias no Broadway, mudamos no dia 1 de Novembro para o novo templo, que Deus bondosamente nos concedeu, situado na Praça Nova. Durante a semana de abertura –1 a 6- tivemos cultos evangelistícos diários, muito bem frequentados e abençoados. No dia 1 tivemos cerca de 2.000 pessoas. Registamos várias conversões.

“In Epístola Out. e Nov. /1955"

Friday, August 22, 2008

COLOMBIANA SOBREVIVENTE AGRADECE A DEUS

A médica colombiana Ligia Palomino Rivero, uma das 19 sobreviventes de acidente aéreo ocorrido nessa quarta-feira no aeroporto de Barajas, em Madri, agradeceu a Deus por dar a ela uma segunda oportunidade."Acredito que essa é uma oportunidade que Deus me deu, nasci de novo e tenho que fazer muitas coisas grandes ainda em minha vida", disse Ligia à rádio Caracol, do hospital onde se recupera de uma fatura dupla nas pernas.
A colombiana viajava em direção às Ilhas Canárias em companhia de seu marido, que também sobreviveu, e de sua cunhada, que aparentemente faleceu.

Ligia relatou que antes de decolar o piloto detectou uma falha no avião que retornou ao local de embarque para ser revisado por técnicos da companhia, aparentemente por um defeito no sistema de calefação.

Ligia assegurou que enquanto era realizada a revisão ela observou dois ônibus na pista e pensou que iriam retirar os passageiros da aeronave. "Finalmente não nos retiraram, disseram que o problema já estava solucionado e fomos", relatou a mulher. "Quando o avião estava decolando ia muito suave até que saiu do chão e ocorreu uma instabilidade e já quando abri os olhos fui arremessada pelas explosões e estava em uma espécie de rio e não podia me mover", acrescentou.

Ligia recordou que uma vez fora do chão o avião "primeiro se inclinou para o lado direito e depois para o esquerdo". Depois "sai arremessada do assento" e ao abrir o olhos após as explosões se viu jogada no chão, próxima a um rio e ao lado de várias pessoas que pediam auxílio. "Eu não podia me mover, para mim foi muita impotência não poder me mover porque eu estou acostumada com meu trabalho de médica e não podia me mover porque tinha fraturas nas pernas", completou Ligia.


Fonte: Ansa

Dr. Geraldo no Chek-in

O nosso amado irmão Geras que esteve no nosso meio por alguns dias, está a sair para o Brasil daqui a nada. Está no aeroporto e ja está a falar da data da proxima vinda. Claro, ficou impressionadíssimo com tudo com todos e as noticias que vai levar já sabemos qual é.
Falar dele para quê? Ele é simplesmente o máximo.

Boa viagem e volte logo.

A Cegonha visitou a família Cardoso

Foi ontem, dia 21 de Agosto. A família Cardoso (Rev Braz e D. Eunice) ficou mais rico com a chegada do João Esdras Andrade Cardoso, o mais novo membro da prole Cardoso. O pastor Braz está a obedecer literalmente a ordem do Velho Testamento que diz: “Crescei, e multiplicai-vos, e enchei a terra – Gen. 1:22”.
O parto foi no Hospital Baptista de Sousa em Mindelo e tudo correu como previsto.
Depois de Josias e Kassio, agora é a vez de João Esdras perfazendo 3 rapazes, faltando apenas 8 para completar um time de futebol que bem se poderia chamar de Sport Fajã e Cardoso.
No canto de Fajã, a festa da chegada do neto financiada na totalidade pelos babados Vovôs D. Maria da Cruz e Sr. Frank, já começou.
Fontes próximas da família Cardoso, (um parente próximo da Eunice) nos confidenciou na nossa última passagem por Mindelo que o casal estava à procura de uma menina e acertou num rapaz. Mesmo assim não estão desanimados e já prometeram continuar a busca, insistentemente, até encontrá-la. Sendo assim, apela-se a qualquer que tenha a receita, favor contactar o Pr. Braz, primeiro para parabenizá-lo, depois para lhe passar a táctica. O móvel dele é: 9933811.
Deus abençoe a família Cardoso.
(Foto brevemente)

Church of the Nazarene in Mindelo

A criatividade dos irmãos mindelenses os levou a colocar na escada de acesso ao templo um placar luminoso, moderno e atraente. Quantas outras pequenininhas coisas poderíamos fazer para a nossa igreja?
Vamos modernizar?

Yeace do Mindelo em forma

Pela idade e quilometragem, era suposto que a “Ana Mafalda” do Mindelo estivesse mais sucatado. Mas não. Vimos com os nossos próprios olhos. Durante a assembleia esteve sem descanso como qualquer zero quilómetro ou “rosto runho”.
Os que entendem de viaturas estão a dizer que as estradas do Mindelo ajudam, que a marca é excelente, que tem tido bons condutores e mais “ eu acho que”.
As outras viaturas da igreja precisam seguir o exemplo da do Mindelo. Esta vai passar à história, com muita história.
E as outras?

Sr. Zeferino Vaz volta à assembleia distrital

O nosso amado irmão Zeferino Vaz, natural de Achada Fazenda, Concelho de santa Cruz, volta á assembleia depois de alguns anos ausente. Voltou na qualidade de delegado de Espargos e, durante as secções, participou activamente nas discussões e decisões da última assembleia.
É caso para se dizer que” o bom filho à casa torna”
Deus abençoe o nosso amado irmão Zézé.

Thursday, August 21, 2008

Rev. Ulisses Amado deixa a Tesouraria

Ainda não se sabe o nome do substituto do Rev. Ulisses Amado na tesouraria distrital. Ele sai depois de 8 anos à frente das Finanças do Distrito. Já lá vão dois anos que vem pedindo para sair mas que por razoes que desconhecemos, só agora a Junta Consultiva lhe satisfez o pedido.
Pelo trabalho que desenvolveu; pela ajuda pessoal que nos prestou; pelas palavras de ânimo que nos escreveu em cada folha de salário; não podíamos deixar de lhe agradecer publicamente esperando e desejando que o seu substituto também venha prestar um excelente serviço, na linha do que vinha fazendo o já ex-tesoureiro.
Estando sem a responsabilidade da tesouraria distrital, o nosso amado irmão e amigo Rev. Amado terá mais tempo para estar com os amigos e irmãos. Aqueles que gostam de desfrutar da sua presença esfregam as mãos de contentamento (incluímo-nos nesse leque) já que, de agora em diante, não vai poder dar a desculpa de falta de tempo, de muito trabalho, para não estar com os que gostam de estar com ele.
Uma coisa é certa. Na tesouraria ou fora da tesouraria, a nossa amizade continua firme e ainda mais firme ficará agora que podemos orar mais, conversar mais, chorar mais e passear mais.
Ulisses, tu és um amigo e irmão. Estamos e estaremos sempre juntos.

Inauguração da Igreja no Brasil

Por notícias recebidas do Irmão Mosteller soubemos que no dia 11 de Agosto inauguraram a igreja de Campinas com a presença do Prefeito Municipal e outras entidades civis e militares e muito povo. O acontecimento foi largamente noticiado nos jornais com artigos e gravuras. À abertura se seguiu uma campanha com cerca de 80 conversões e boas assistências. Foi pregador o Rev. C. T. Corbett. Também soubemos que o irmão Enrico Allasio – ex-padre Pedro - está cooperando com muito entusiasmo. Prega, canta e testifica com poder (já foi santificado). Dirigiu uma campanha de 3 dias e, a convite, tem ido pregar a varias igrejas. Escreveu o Sr. Mosteller: É agradável ouvi-lo dizer: “Dou graças a Deus pelo passo que dei. Alcancei paz. Encontrei Cristo. Estou tranquilo”.
Congratulando-nos muito com a notícia, felicitamos efusivamente na pessoa do irmão Mosteller todos os obreiros e crentes nazarenos do Brasil, augurando à Obra irmã as maiores bênçãos e progressos.

"In Epistola 1960"

Carta para Armando de Sá Nogueira

Caro Armando:
Saíste há poucos instantes. Procuro reviver, enquanto as impressões são frescas, a alegria que tinhas na face quando me mostraste a carta do Director do Seminário Nazareno.
Já és um seminarista!
Poucas palavras – um mundo de sentido, de renúncia, de emoções, de oportunidade!
Jamais me esquecerei da bela hora de comunhão que passamos, em júbilo, aos pés de Deus.
Meu Armando:
Sê realista. Foi uma porta que se abriu; não um palácio. Foi um caminho; Não uma coroa. Foi uma misericórdia; não um merecimento.
Sê honesto. Define bem os teus motivos. Não desperdices energia em banalidades. És um Estudante, melhor, um Seminarista. O teu alvo não é passar: é aprender. Não é obter: é ser. A formatura não é o fim. É o princípio.
Sê grato. É sempre mais saboroso o pão quando temperado com a lembrança de como foi adquirido. Amam-se mais os Mestres quando se pensa de onde e por que vieram. Os primeiros Seminaristas, os Discípulos, tinham dormitórios sui generis: ora o fundo dum bote, ora o chão duro da montanha. Mas eram felizes, mesmo sem criadas que levassem suas túnicas (presente de amigos), mesmo quando tinham de assar com as próprias mãos os peixes que comiam.
Sê original. Não imitas ninguém. Deus não quererá ver-te transformado em papel-químico. Fala como Armando. Sente como Armando. Ora como Armando. Prega, canta, ri, come e vive como Armando.
Sê alegre. Não entraste num convento. Não precisas duma garrafa para colectar lágrimas. Fazer rir, sem magoar, é uma arte que aperfeiçoarás.
Sê cuidadoso. Normalmente o és. Mas sabes, Armando, sou pai. Conserva em bom estado o material e os móveis que te forem proporcionados. E a reputação da Escola. Não te esqueças que outros jovens irão lá ter, obedecendo a voz de Deus. E talvez o meu Paulo seja um deles.
Boa noite, Armando.

-Jorge de Barros
Presidente da JNI-Distrital
“In Epistola, vol. 9, Nº 10, Outubro/1965”

Epistola às Missões reporta 2 casamentos em 1947

Nos dias 16 e 30 de Julho realizaram-se os casamentos anunciados na Epistola nº 2, a saber: primeiro, o da menina Maria do Livramento Caldeira Marques com o Sr. António Macedo, e, depois, o da menina Izaura Pereira da Silva com o pastor Álvaro Barbosa Andrade. Desejamos aos jovens as mais ricas bênçãos tanto materiais como espirituais.
A cerimónia religiosa que se seguiu ao segundo casamento, teve lugar pelas 16 horas na Igreja Memorial de Maude Chapman e assim se desenvolveu: Aos primeiros acordos da marcha nupcial de Lohengrin entraram, ao mesmo tempo, mas por portas diferentes, a noiva precedida das damas de honor e o noivo precedido do pastor oficiante, os quais subiram para a plataforma onde se juntaram. Ouviu-se então um hino, cantado pelo Orfeão e apropriado para o acto, a que se seguiu a cerimónia. Terminada esta, os noivos ajoelharam-se, ouvindo-se um solo e uma oração de congregação. Depois todos desceram da plataforma, precedidos do casal, que veio receber os parabéns.

“IN Epístola às Missões/ nº 7 e 8/ Julho e Agosto/ 1947”

Encontros Memoráveis

Encontros Memoráveis é o título do livro do Rev António Nobre Leite que foi apresentado ao público cabo-verdiano no dia 16 de Agosto, próximo passado, em Mindelo, pelo Rev. António Marcelino Barbosa Vasconcelos em plena 55ª assembleia distrital. Muitos assistiram e no final a fila para autógrafos era longa. Segundo o apresentador, o autor escreveu um conjunto de crónicas muito bem arrumado capaz de cativar os leitores e, ao terminar, o reputou como sendo de leitura obrigatória para todos os nazarenos.
Em conversa com o autor, este nos disse que muito mais tem a escrever.
Os nazarenos do presente precisam saber a historia a partir da experiência daqueles que, montados no dorso de mulas e burros, subiram cutelos e desceram regatos, pregaram a palavra com ousadia para termos hoje uma instituição respeitada e pujante – a Igreja do Nazareno. A era das mulas já passou mas a sua história nunca passa. É nosso dever, inclinar diante da nossa linda historia que, graças a Deus, homens valentes e santos escreveram com muito suor e sacrifício. Rev. António Leite é um desses homens. Ele é um apóstolo de boa conversa, pastor que à pena não rejeita o gosto do artista, no dizer de Teobaldo Virgínio que prefaciou a obra ora apresentada.
Vida longa ao Rev. Leite porque tem muito mais para contar.
Já estamos na fila para o autógrafo da próxima obra.

Vontade de ser menino

(Para Nônô, minha Mãe querida)

Mãe, quando, envergonhado, gaguejei,
Tentando explicar-te que as circunstancias
Não me deixaram comprar-te o manto purpurino,
Lembro-me de que disseste, a sorrir:
- Para quê, um manto felpudo,
Se os teus braços me eliminam o frio
Quando me envolves com toda a ternura!?...

Recordo o dia quando eu cheguei
Diante de ti, muito amargurado…
E me limpaste os olhos carinhosamente
E, de repente, em excelsas mímicas,
Em passinhos de bailarina comediante,
No palco da nossa casinha, que fizeste de boba
E em gargalhadas me tentaste adormecer.
Mas… antes que o sono me vencesse,
Naquela noite tormentosa,
Eu ouvi que os teus gemidos dolorosos;
E fiquei por saber
Se choravas em meu lugar,
Se oravas por mim a Deus –
Ali no cantinho do nosso lar.
Mesmo agora, quando os anos
Me pintaram o cabelo da cor dos lábios do mar,
Tenho imensa vontade de me tornar menino,
De reclinar ao teu regaço,
De sentir as palpitações de outrora:
Criança atrás de ninhos de pardais,
De borboletas, de lagartas, de gafanhotos…

Como gostaria de adormecer,
Embalado pela tua voz doce de mãe avòzinha,
Alheio a esse troar de canhões,
Explosões de bombas e cataclismos!
Mãe, por favor, assenta-te ao pé de mim
E deixa-me repousar a cabeça,
Deixa-me esquecer a vida e mim mesmo
E ancorar em mim
Todas as sensações de menino,
Mesmo que seja apenas por um INSTANTE!

Por Gilberto Évora
“In Epistola, 10, Nº 5, Maio/1966”

Primeira edição de “Epistola às Missões”

O primeiro número da “Epistola” saiu em 1947 com o nome “Epistola às Missões”. Mais tarde veio mudar de nome ficando a chamar apenas “Epistola”.
As primeiras edições começavam sempre com um artigo de algum missionário ou pastor. Na primeira edição o artigo foi do Pr. Francisco Xavier Ferreira. Nas páginas interiores tinha as seguintes rubricas: “Epistola às Missões, Parte noticiosa, Noticias das Igrejas e Últimas noticias.
Aqui estão alguns trechos publicados no primeiro número:
“S. Catarina – Do pastor: causou muito boa impressão o aparecimento da EPISTOLA ÀS MISSOES. Desejamos que tenha longa vida e que nos traga palavras de conforto.
Brava – Do superintendente, substituto, da ED: boa ideia foi a de circular a EPISTOLA ÀS MISSOES com notícias das nossas igrejas. Esperamos ouvir mais.
Da redacção: “Agradecemos as sugestões e colaborações que os irmãos na fé tiverem a amabilidade de nos enviar”.

PARTE NOTICIOSA
Rev. Mosteller – No porto de Pedra Badejo tomou a 10 do corrente o veleiro Albany para são Vicente afim de se encontrar com o pastor e evangelista Ilídio Freire e de visitarem a ilha de Santo Antão, onde se lhes juntará o pastor Ilídio Silva. Depois todos regressarão á Praia, salvo qualquer imprevisto.
JOSÉ MARIA CORREIA. Fixou residência na Praia, afim de prosseguir os seus estudos para pastor, e continua encarregado dos serviços missionários em Pedra Badejo.
NOTICIAS DAS IGREJAS
Brava – A 18 de Junho, com um mês de antecedência, regressou o pastor Xavier Ferreira.
Fogo – Encontra-se ainda na Praia o pastor daquela ilha, que se encontra já restabelecido. Regozijamo-nos com a notícia de que nos Mosteiros já funciona a Sociedade Missionaria de Senhoras. Auguramos-lhes os maiores trunfos e bênçãos. Na Chã está quase concluída a construção duma capela, e ultimamente numa outra povoação 55 almas abraçaram o evangelho, tendo um dos irmãos oferecido uma casa para o serviço do Senhor.
Maio – Tudo correu normalmente
Praia – Na Fazenda, subúrbios da cidade da Praia, abriu-se outra Escola Dominical, dirigida por 2 jovens. Em cultos ali realizados já se converteram 7 pessoas, em 2 semanas. O número total de convertidos nos 2 últimos meses foi de 48, sendo na cidade 11; na Achadinha, 9¸no Castelão, 21; e na Fazenda, 7.
Em Pedra Badejo os serviços decorreram normalmente, sendo 41 o número de convertidos de Dezembro a Março findo. Ultimamente registaram-se mais algumas conversões.
Este é um pequeno apanhado do primeiro número da EPISTOLA ÀS MISSOES.

Dra. Dulce Soares eleita para Junta Consultiva

A nossa irmã Dulce Soares, membro da igreja de Achada Santo António, foi eleita para a Junta Consultiva na última assembleia realizada em Mindelo. Ela substitui a nossa Irmã Dra. Mecildes Tavares.
O Rev. Austolino Levy foi reconduzido através do voto dos delegados para mais um mandato como membro da Consultiva.

Thursday, August 14, 2008

Assembleia Distrital em Directo

Watch live video from Canais de assembleia on Justin.tv

Irmão Sr. Isaías Lopes envolvendo na Assembleia

É muito grato ver o nosso mui amado irmao Sr. Isaías Lopes se envolvendo na nossa assembleia, carregando os delegados para cima e para baixo no carro da igreja do Mindelo. Depois da tempestade que assolou a sua vida, ele se encontra bem, restaurado e integrado na igreja ajudando no que lhe está a ser pedido.
Ele prometeu abrir o seu coraçao numa entrevista que nos vai dar ainda durante a assembleia.

Deus abençoe o nosso irmao Sr. Isaías Lopes

Assembleia Distrital em directo

Conseguimos ultrapassar todas as barreiras e eis que ja estamos em condiçoes de transmitir com son e imagem a nossa assembleia. Fiquem atentos. O endereço da transmissao sairá a qualquer momento no blog. Estamos só a ultimar os ultimos downloads para começarmos a emitir.

Que horas são?

Assim começou a assembleia com o primeiro devocional sob a responsabilidade do nosso director regional Dr. Eugénio Duarte. Dirigindo aos delegados, as suas primeiras palavras foram de saudações calorosas a todos.
Disse a dado passo: num mundo em mudança, alguma coisa permanece.
Perguntou: Que horas são para a igreja caboverdiana?
Ao relembrar os cultos de Jejum e oração no passado em Mindelo, disse sentir saudades deste altar, o altar da igreja do Mindelo.
“Quando não ouves a Deus, leia Deus na sua Palavra.”
O nosso irmão Rev. Duarte continua igual a si mesmo. Excelente na comunicação; conhecedor da Palavra com sucessivos e excelentes trocadilhos; sabe o que diz.
Deus nos falou hoje através deste seu servo.
Que horas são?

Faleceu a nossa irmã D. Natalina

Faleceu hoje, dia 14, a nossa irmã D. Natalina, membro da igreja de Nova Sintra e morava em Santa Barbara. Ela é mãe da nossa irmã D. Deolinda, esposa do pastor Manuel António.
Nossas sentidas condolências à família enlutada.

Tuesday, August 12, 2008

SIGNIFICADO DE "PIEDADE"


De um modo geral e comum, a piedade é um sentimento que nos leva, sem reflexão, ao auxilio de quem vemos sofrer, e esta "virtude" é tanto mais universal quanto justamente precede o uso de qualquer reflexão.
Em que consiste a piedade? Em colocar-se no lugar daquele que sofre, respondem aqueles que cultivam e professam este tipo de sentimento. Mas, então, o que é que nos permite nos transportarmos para o lugar do outro e nos identificarmos com ele? Este poder, mais uma vez respondem os adeptos da piedade, seria o de nossa imaginação. Conseqüência: este sentimento descrito pelos seus adeptos como espontâneo no coração do homem, na verdade exige a mediação de nossa imaginação: ninguém se torna sensível à piedade se sua imaginação não é animada; ora, este aquecimento d a imaginação não é natural. Prova disto é o fato de que corremos o risco de não mais podermos nos emocionar quando o espetáculo da miséria, tornando-se ordinário, não permite mais que nossa imaginação alce vôo, afinal, aquilo que vimos demais não imaginamos mais...(clique no titulo para ler mais)

José João Neves B. Vicente

Filósofo, pesquisador, professor da Faculdade de Ciências e Educação de Rubiataba (FACER), do Instituto de Filosofia e Teologia Santa Cruz (IFTSC) e Editor da Revista Facer.
E-mail: josebvicente@bol.com.br

Saturday, August 9, 2008

A Epistolaonline ausente

A assembleia deste ano em Mindelo que bem gostaríamos de transmitir como no ano passado, não será possível. Lamentamos. Por razões várias, ligadas à nossa chegada tardia a Mindelo (próxima segunda-feira) e outras pessoais nos impossibilitam de mais esta façanha. Resta, entretanto, alguma esperança de a fazermos, via rádio do blog. E como a esperança é da cor que as nossas ilhas estão cobertas nesta altura do ano, como dizia o outro: a esperança é esperar.

Os reactores já começaram a aquecer

Um contingente de delegados e pastores saem hoje da Praia rumo a Mindelo a bordo do navio Tarrafal. Delegados das ilhas do sul já se encontram na Praia com saída para São Vicente prevista para esta noite. Mais uma vez, coloca-se a questão da sustentabilidade das nossas assembleias distritais em como resolver o problema da chegada antecipada de delegados que, por razoes financeiras, não podem viajar de avião. Se as igrejas anfitriãs não podem sozinhas arcar com as despesas da assembleia, como se poderá pedir mais dias, antes e depois das assembleias? Algo precisa ser pensado e estudado para se evitar animosidades desnecessárias e injectar mais dignidade aos delegados.
Não é errado falar dos nossos problemas. Errado seria não falar e tentar passar a imagem de que eles não existem. E porque juntos devemos, com opiniões construtivas, discutir e resolver os nossos assuntos, o melhor lugar para o fazer é, sem dúvida, na assembleia. Aliás, certamente, haverá tempo, não só para relatórios, mas também e sobretudo, para cada um exprimir o que lhe vai na alma.
Hoje guia-nos Senhor, ensina-nos por ti falar. Meus amigos estão perdidos e não te vão achar. Poucos querem se importar e poucos querem falar. Vem encher nosso coração e usa-nos Senhor.
Uma assembleia abençoada é a que nos espera. Amem!

Igreja e serviços religiosos diversos sem sair do automóvel

No Wedding Window em Las Vegas, oferece a possibilidade de se casar sem sair do carro. Por um preço razoável o sacerdote oficializa a cerimonia como quem compra um BigMac.

Na paróquia de Daytona Beach-Florida nos EUA, os fieis não têm a necessidade de descer do carro para entrar na igreja. Desde 1953, esta igreja da Florida oferece um serviço “drive thru” para cristãos que não tempo à perder. Este é o único das centenas dos exemplos distribuídos durante todo os Estados Unidos, um país onde - além de parar pra comer, ir ao cinema ou parar pra comprar algo - é possível fazer
as actividades mais inexplicáveis sem desligar o motor do carro.

Qualquer domingo em Daytona Beach, começa com o reverendo Larry Deitch que em pé no palco traseiro da igreja, abençoa seus fiéis, que lhe esperam no estacionamento.

Uma série de cartazes colocados no estacionamento, informa aos condutores que deve ajustar o rádio do carro para 88.5 FM e seguir a missa dominical.

As palavras do sacerdote são ouvidas através de um moderno sistema de altifalantes e no interior dos automóveis, cujos os ocupantes escutam com atenção. Minutos mais tarde, assim e como indicou o artigo fantástico da notícia, feito por Andrew Kaufman para a revista Time, um grupo de ajudantes reparte entre os fiéis um kit com a sagrada óstia e um pouquinho vinho para receber a comunhão.

E por último, terminada a missa, o reverendo se despede um a um dos fiéis na cabine de saída, caso necessite de mais alguma ajuda espiritual.

Mas essa Igreja não é o único lugar em Daytona a oferecer esse diferencial, em missas para condutores. A igreja Luterana Emmanuel, por exemplo, nos anos 60 adquiriu um prestígio notável, por oferecer aos condutores de Hollywood a possibilidade de comungar.

Na sua entrada, pode se ver um enorme Outdoor, que anuncia a Celebração da Eucaristia, como se fosse um lançamento de um filme holliwoodiense.
Fonte: Notíciascristãs

Transferência de Pastores

Em resumo do que já reportámos, o quadro é o seguinte: Pr. António Gonçalves para Cidade Velha, Rev. José Gonçalves para Palmeira, Pr. Lino Magno para Mosteiros, Pr. Manuel António para Ribeira da Barca, Pr. Fernando Sousa para Ribeirinha e Rev. Silvino Medina para Ribeira Bote. Por enquanto são essas as transferências mas outras mexidas poderão acontecer ainda este ano. Aliás, com tanta dinâmica, na opinião de um dos membros da Junta Consultiva, não é possível estancar as transferências de pastores, dado ao facto de haver elementos que independem da Consultiva.
Durante ou depois da assembleia distrital poderá haver mais pano para essa manga.

Boa Notícia para os Campistas

Caros Campistas,

Graças a Deus, obtivemos um belo desconto pela empresa STM (Tarrafal) para o transporte entre PRAIA – MINDELO – PRAIA.
Com o desconto de 30% o preço ficou assim:

Estudante – 5.320$00 Ida e Volta;
Adultos – 6.300$00 Ida e Volta;

A partida será no dia 14 de Agosto (quinta-feira) pelas 18:00 horas.

Cada campista deverá contactar o seu líder da JNI local, o mais rápido possível, no sentido de entregar o dinheiro da passagem. Ninguém está autorizado a comprar directamente na agência STM, a não ser os líderes distritais.

Lembramos ainda que temos o transporte entre MINDELO – PORTO NOVO, que normalmente é 1.400$00 ida e volta, mas estamos negociando o desconto. Essa passagem será comprada no Mindelo e obterão mais informações após a chegada a S.Vicente.

Aconselhamos a todos os campistas a levar uma boa reserva em dinheiro, em caso de necessidade. Também, como sempre, é obrigatório que TODOS os campistas levem colchões para ajudar numa melhor organização.

Por mais informações, favor contacte o seu líder da juventude local.

Contamos e precisamos da colaboração de todos.

A paz do Senhor e até breve.

Bruno Canuto
Pela Direcção da JNI Distrital

Friday, August 8, 2008

Faz muito tempo que eu não sei o que é um beijo...

...é, faz muito tempo que eu não sei o que é um beijo. Só não vou colocar aqui quanto tempo faz porque senão vão achar um horror, mas eu vou deixar registrado que faz um bom tempo. Um tempo bem considerável, assim por dizer.
Mas eu sei porque eu estou nesse jejum de beijos. É porque na época em que dei o meu último beijo, foi da maneira mais imbecil possível. Eu estava disperdiçando os meus beijos e creio que Deus lá do seu trono, porque Ele é o Rei, disse:
_O queê??? Ela não vai mais disperdiçar os seus preciosos beijos! Nada de banalizar os beijos! De agora em diante ela só vai beijar o príncipe escolhido!
E aí, aqui estou , há x de tempos sem beijar.
Mas até que foi bom, o Rei me colocar nessa "quarentena". Porque hoje eu me areependo de ter beijado vários sapos que não mereciam os meus beijos.
Hoje eu sei o valor de uma bicota. E espero pelo meu príncipe. Aquele cara que merece as minhas beijocas.
Ah, você deve estar rindo, mas quero ver. Com certeza você já se arrependeu de ter beijado um ser nada a ver com você, só para estar na moda, só para não ser achada de BV ou então por pura e clara carência.
Ou você é como eu que nunca, nunca sequer na vida deu um beijo estando apaixonada por alguém? Hein? Hein? Hein?
Pois é, eu não sei o que é beijar apaixonadamente. O mais próximo que eu cheguei disso foi beijar um cara que estava a fim de mim, mas eu só queria era curtir com ele. Na época eu era "dimenor" tinha só 14 anos. E depois fiquei com um monte de seres só por balada, por curtição e nada de sentimento por dentro.
Nada, nem uma vírgula sequer.
E assim aqui estou a x tempos sem beijar, mas pelo menos guardando os meus beijos para aquele cara que realmente merecerá os meus beijinhos. O principe de verdade.
..... enquanto isso vou esperando....

Faça como Jesus, chore!

Lendo Max Lucado, algo me chamou muita atenção.
“Jesus chorou, ao lado do túmulo do seu amigo, Jesus chorou. Porque ele faria tal coisa?”. (Max Lucado, em Derrubando Golias).
Você consegue imaginar esta cena? Jesus chorando ao lado do túmulo? O Jesus que devolvia ao cego a arte de contemplar o belo, o Jesus que fazia o paralítico voltar correndo para a casa, que presenteava o mudo com o prazer de cantar, o mesmo Jesus que chamou uma prostituta condenada à morte, de “filha” e que certa vez parou um enterro e disse a mãe do defunto: “não chores!”.
Agora este mesmo Jesus, derramando suas lágrimas e sentindo o mau cheiro da dor.Max, esta é uma boa pergunta: Porque ele faria tal coisa?
O choro alivia a dor!
Jesus sentiu dor pelo amigo que morreu, sentiu dor pelos parentes de Lázaro que ali se encontravam sem esperanças.
Em alguns momentos de nossas vidas sentimos tamanha dor, e mesmo depois de termos presenciado inúmeros milagres, nós choramos!
Choramos ao lado de um leito de hospital, choramos na janela de casa vendo o filho partir, choramos em frente à porta do emprego que não abre, choramos diante do médico ou no telefonema de más notícias.
A dor fez Jesus chorar, e nas lágrimas de Jesus, encontramos permissão para derramar as nossas.
F. B. Meyer escreveu:
“Jesus chorou. Pedro chorou. Os convertidos de Éfeso choraram sobre o apóstolo, cuja face nunca mais veriam. Cristo está ao lado de todo aquele que chora, dizendo: Chore, meu filho, chore, pois eu chorei”.
Expulse a dor do seu coração e, quando ela voltar, expulse-a novamente, Siga em frente, chore um rio de lágrimas. Mas, como Jesus, não deixe que a dor leve embora sua esperança. Levante-se e olhe com fé para o milagre da ressurreição de seus sonhos, do seu casamento, da sua saúde, das perdas restauradas e feridas curadas.
Quando a dor vier e apertar seu coração, embargar sua voz e sufocar seus pensamentos... Faça como Jesus: enfrente-a, dê tempo para si mesmo, permita-se derramar lágrimas. Jesus entende. Ele também chorou!
Fonte: Projecto Abraçar

'Não sou exemplo', diz marido de 86 mulheres

Um nigeriano de 84 anos, casado com 86 mulheres - com as quais tem mais de 170 filhos – aconselha outros a não seguir seu exemplo, afirmando que ele só consegue lidar com seu dia-a-dia com a ajuda de Deus.
“Um homem com dez mulheres iria entrar em colapso e morrer, mas meus poderes são dados por Alá. É por isso que consigo controlar as 86 mulheres”, disse ele à BBC.

Mohammed Bello Abubakar, ex-professor e pregador muçulmano, afirma que suas mulheres o procuraram por conta de sua reputação de curandeiro.

“Eu não saio por aí procurando por elas, elas vêm a mim. Eu sigo o pedido de Deus, e me caso com elas.”

Mas as autoridades islâmicas na Nigéria não aceitam as alegações e vêem a grande família como um culto.

Número de mulheres
Mulheres dividem casa em Bida

A maioria das autoridades islâmicas concorda que um homem pode ter até quatro mulheres, desde que demonstre ter condições de dar o mesmo tratamento a todas elas, mas Bello Abubakar afirma que o Alcorão não prevê nenhuma punição para quem tem um número maior de mulheres.

“Deus não disse qual deveria ser a punição para um homem com mais de quatro mulheres, mas ele foi específico sobre punições para fornicação e adultério.”

“Baba”, como ele é conhecido, é elogiado por suas mulheres e filhos. Muitas das mulheres acreditam que ele tem poder de cura e é o próximo na linha de sucessão do profeta Mohammed.

A maioria de suas mulheres tem menos do que um quarto da idade dele – e muitas são mais novas que alguns dos filhos de Abubakar. Algumas delas disseram à BBC ter conhecido o marido quando foram procurar ajuda para doenças.

“Assim que o conheci minha dor de cabeça passou”, disse Sharifat Bello Abubakar, que na época tinha 25 anos e o marido, 74.

“Deus me disse que era hora de ser sua mulher. Louvado seja Deus. Agora eu sou sua mulher.”

Ganiat Mohammed Bello, que está casada com Abubakar, há 20 anos, diz: “Sou a mulher mais feliz na face da Terra. Quando você se casa com um homem que tem 86 mulheres, você sabe que ele sabe como cuidar delas.”


Ganiat diz que um homem com 86 mulheres sabe cuidar delas

Sem trabalho

Mas nem Abubakar, nem suas mulheres trabalham, e ninguém sabe como ele sustenta tamanha família, já que ele se recusa a dizer de onde tira dinheiro para arcar com a alimentação e vestuário de tanta gente.

Por dia, a família gasta cerca de US$ 850 apenas nas refeições. “Vem tudo de Deus”, diz ele.

Os moradores do vilarejo de Bida, onde eles moram, não sabem como a família se sustenta, e segundo uma de suas mulheres, Abubakar às vezes pede a seus filhos que saiam às ruas para mendigar, mas mesmo isso não seria suficiente.


Algumas das mulheres de Abubakar são mais novas que seus filhos

A maioria de suas mulheres mora em uma casa mínima e não terminada em Bida; outras moram na casa dele em Lagos, a capital comercial da Nigéria.

Ele se recusa a permitir que sua família ou seus devotos tomem remédios e diz que não acredita que a malária exista.

“Se você sentar aqui e tiver qualquer doença, eu posso vê-la e removê-la”, disse ele.
Mas nem todos podem ser curados e uma de suas mulheres, Hafsat Bello Mohammed, conta que dois de seus filhos morreram.

“Eles estavam doentes e nós falamos com Deus. E Deus disse que a hora deles tinha chegado.”


Hafsat perdeu dois filhos "porque a hora deles tinha chegado"

Abubakar alega que o profeta Mohammed fala com ele pessoalmente e descreve detalhadamente suas experiências. Esta é uma alegação séria para um muçulmano.

“Isto é heresia, ele é um herege”, afirma Ustaz Abubakar Siddique, imã na Mesquita Central de Abuja.
Fonte: BBCMundo

Meditação Diária




RELACIONAMENTO COM OS FILHOS


Os filhos são projeções de nós mesmos e nós somos seus melhores professores. A primeira coisa que os pais devem procurar fazer é ajudar os filhos a terem uma boa auto-imagem, trabalhando para que cresçam aceitando-se do jeito que são, ajustados não só com os colegas e as pessoas de fora, mas também com os que vivem da porta de casa para dentro. Que os filhos possam sentir-se bem no seu lar. Casa onde o filho só chega para comer e dormir não é casa, é pensão! A casa deve ser um oásis, um lugar de restauração, de alívio, de refrigério, de reabastecimento de forças. O filho que chega é o tesouro que retorna ao lar, pois a prioridade de nossas vidas são nossos filhos, a única herança que Deus colocou em nossas mãos para que dela cuidássemos. "Herança do Senhor são os filhos", diz o Salmista. A premissa bíblica é que os filhos são do Senhor. Ele nos empresta essas vidas para que cuidemos delas por um período da nossa existência, cultivando-as e preparando-as para a vida na sociedade e para o serviço de Deus. Os filhos que temos são do Senhor. Eles entram pela porta da frente da nossa casa e saem pela porta do fundo, após vinte ou vinte e cinco anos. Por isso, nada é mais prioritário que o relacionamento com eles, depois daquele entre os membros do casal. Nosso relacionamento prioritário não é com nossos pais, com os amigos ou com os membros da Igreja. Tem gente enchendo a Igreja e esvaziando o lar!


PENSAMENTO
"Nossos filhos são presentes do Senhor."


ORAÇÃO
"Senhor, quero relacionar-me com meus filhos a ponto de trazê-los mais perto de Ti. Em Jesus, amém."


LEITURA
2 Coríntios 9 – 2 Reis 22:1–23:34 – Naum 3






Pr. Aguiar Valvassoura no seu Livro "Balsamo e Mel"

Thursday, August 7, 2008

Rev. José Gonçalves em Palmeira – Sal

O nosso amado irmão Rev. Gonçalves, recém-chegado de Holanda, vai pastorear a congregação de Palmeira e abrir uma Igreja Internacional do Nazareno no Sal.
A sua experiência internacional, ministerial e domínio de línguas, possivelmente, terá pesado na decisão do Órgão máximo da igreja caboverdiana.
Rico ministério ao nosso irmão Rev. Gonçalves.

A mudança também chegou a São Vicente

Pr. Fernando Sousa vai a Ribeirinha deixando Ribeira Bote sob os cuidados do Rev. Silvino Medina.
Sendo assim, Ribeirinha passará a ter o seu pastor a tempo inteiro.

Pastor Antonio em Cidade Velha

A Junta Consultiva, na sua última reunião, entre outros assuntos, procedeu à seguinte mudança: Pastor António Gonçalves deixa Palmeira e ruma para a Cidade Velha. Esta é, segundo fontes da Consultiva, uma forte aposta do distrito, atendendo à importância deste novo Município no contexto nacional, não só pela sua história em si, mas também pelo presente e futuro, como Património Mundial da Humanidade que todos esperamos vir acontecer em breve.

Residência Pastoral do Mindelo

Apresentamos a residência do pastor de Mindelo, justamente, no mês em que estará com uma movimentação invulgar. A assembleia começa no próximo dia 13 e, como todas as vezes, os quartos estarão lotados. Sendo uma das mais lindas de todo o distrito, é também a que aparece com melhor aspecto.
Em quase todas ilhas, quase todas as residências pastorais clamam por uma reforma de fundo. E é melhor que essas reformas cheguem a tempo para que essas nossas casas com tanta história não se esfumem e tomem o mesmo caminho do histórico Lombinho em São Nicolau.
Cuidemos do que é nosso.
Certo ou errado?

GRANDE EVENTO PARA CABO VERDE: FESTIVAL DE MÚSICA EVANGÉLICA 2008

O tema do Festival é: JESUS - ESPERANÇA PARA CABO VERDE.
O evento foi antecipado com algumas orações, principalmente na igreja em Palmarejo. A Comissão do Festival jejuou nas duas sextas-feiras para que o Espírito de Deus actuasse. As igrejas de Pedra Badejo e Tarrafal tiveram alguns dias anteriores ao Festival em oração. Dias seguidos em intercessão.
CIDADE VELHA.
Uma das primeiras cidades portuguesas na África, com centenas de anos de influência católica.
Sentimos o ambiente. As pessoas não se aproximavam. Poucos chegaram perto.
A música era excelente. O Grupo brasileiro que veio da Igreja Baptista Vila do Atlântico actuou com inspiração. Só cantaram ali porque viajariam no dia seguinte para o Brasil - Baía.
Todos os participantes foram felizes. Os vários ritmos contextualizados - são simplesmente belos.
Sem querer apontar nomes para não entrar numa área delicada, diria que a mensagem dos cânticos passou. Mesmo aqueles que ficaram em suas casas, ouviram.
Depois da pregação do Pastor Adérito, boa palavra por sinal, alguns se aproximaram para oração.
Tínhamos alguns irmãos orando ao longo dessa noite e até ao final da mensagem. Aquelas pessoas serão discipuladas e com o novo Pastor para morar mesmo ali - ANTÓNIO GONÇALVES - acreditamos que farão parte da primeira igreja a implantar nessa Cidade da Ribeira Grande de Santiago.
Graças a Deus, os patrocinadores (Ministério V.I.D.A.) aceitaram incluir a Cidade Velha no Festival 2008. Mesmo que pareça um lugar difícil, Deus nos vai mostrar que para Ele não há coisas difíceis.
Toda a glória, pois a Ele!

ACHADA DE SANTO ANTÓNIO - PRAIA

Houve uma concentração na praça da rotunda, junto a 1º. de Maio. Algumas igrejas evangélicas se fizeram representar. Tivemos bom tempo de oração antes de iniciarmos a Marcha até à rua onde se realizaria o Festival.
Ali, o som era ainda melhor do que o de Cidade Velha. Aqui, o problema era da energia em si. Chegava fraca, mas mesmo assim conseguimos. Achada tinha uma energia estável. Som excelente. Vale a pena investir num som excelente, mesmo que custe mais. E o nosso Mestre não merece o melhor?
Houve uma participação muito activa de Mocidade Para Cristo. Fizeram coreografias com riquíssimas mensagens, teatros,etc. E o povo assistia com muita atenção e entrando em sintonia com cada acto.
O irmão Higino, do ministério V.I.D.A. filmou tudo.
Destaca-se neste Festival a formação de uma banda com coral para louvor e adoração. Estamos melhorando de cada vez. Quem sabe da próxima teremos data-show para os congregantes cantarem conosco também. É uma parte que teremos de cuidar na próxima, com a ajuda de Deus.
Queremos destacar que o irmão Tótó Tavares trouxe o seu CD e cantou números do mesmo. Um ritmo belo e com palavras inspiradas. Percebe-se que o cantor e compositor é ungido.
Outro compositor e cantor ungido é o Pastor Jorge Rocha. Cânticos sublimes, de alto nível espiritual e musical. Cada participante fez o seu melhor. Deus seja engrandecido!
A pregação do missionário António Furtado foi precisa. Viveu no mundo das drogas e foi um marginal.
Não se envergonha de o dizer. Só que Cristo o levantou e libertou. Tem uma mensagem muito forte.
Muitos se aproximaram para se renderem a Cristo.

PEDRA BADEJO

O Pastor Samuel Santos colaborou muito bem. A igreja orou na mesma semana durante três dias seguidos. A nosso pedido, havia irmãos orando em todo o Festival, meia hora para cada grupo.
A rua onde se realizou o evento estava com muita gente. Rapazes de regresso de futebol, pessoas depois do término de uma festa. Todos passaram para ver e ouvir.
Acho que todos os participantes estavam inspirados. Deus estava no nosso meio. O som - excelente.
A pregação pelo signatário foi ungida. Quisemos que no abrir da nossa boca - tudo fosse usado para Sua glória. Que Deus conserve as almas que buscaram o perdão de Cristo.
O Festival em Pedra Badejo foi inesquecível. Glória a Deus.

TARRAFAL

Foi difícil o trajecto até Tarrafal. MPC seguiu depois do jantar e chegaram de madrugada. Deus dará a recompensa a todos, principalmente a esses jovens que fizeram alguns sacrifícios.
O evento começou tarde por razões de adaptação e toque do técnico da Electra. Começou a chuviscar e começaram a cobrir os equipamentos, mas felizmente não nos estragou a festa que ainda não se tinha iniciado. Havia pessoas na praça assentadas, na rua e muita gente ouviu as belas mensagens.
A Palavra foi pregada com fidelidade pelo Pr. David Araújo. Pessoas chegaram a Cristo.
A música continuou e o grupo rap entusiasmou a muitos jovens. Um jovem desse grupo achou que devia deixar algumas palavras de testemunho e exortação. Três pessoas chegaram , um deles com o seu copo de aguardante na mão.
O Pastor Silas Abner fez boa preparação na igreja, orando por quatro dias seguidos. A igreja estava lá, cantando, gozando e se alegrando no Senhor. Que Deus conserve os frutos.
A Deus toda a glória!
Em Cristo,
Armando de Sá Nogueira
Coordenador

Meditação Diária




RELACIONAMENTO DE UM COM O OUTRO


Leia Ef 6:4. Nem sempre percebemos como tratamos o nosso cônjuge. Para ter uma pista, faça-se esta pergunta: Como os outros julgam o relacionamento entre vocês dois? Mas prepare-se para uma descoberta que pode causar-lhe uma enorme surpresa e decepção. Você talvez se visse como independente – mas outros podem reconhecer que você é apenas egoísta; ou se acreditava atencioso, mas é visto como interesseiro. Como agir de modo a não sermos tão surpreendidos com descobertas desse tipo? Algumas práticas devem ser estimuladas: 1. Nosso relacionamento deve ser transparente, com todas as suas virtudes e defeitos. Somos colocados juntos para que os outros vejam em nós, em nossa casa, o que somos, com autenticidade e transparência. É obrigação do casal ser autêntico um com o outro. Para que isso aconteça, um deve ajudar o outro a projetar sua auto-imagem, para que não vivam com fantasias ou fantasmas. 2. Diferencie sonho de realidade. Há um marido ou uma esposa que você idealizou a partir de seus sonhos e outro ou outra que você realmente tem! Você precisa ajudar seu cônjuge a criar sua auto-imagem, que é o conceito que a pessoa tem de si própria. 3. Reconheça o seu papel de apoio. O que viram na sua casa? Viram tudo! O processo da vida é esse. Somos colocados um ao lado do outro para sermos apoio, ajuda, e não para que um diminua o outro e, às vezes, até o despreze. 4. Reforce a aceitação de si mesmo. Auto-estima significa "eu estou satisfeito comigo do jeito que sou". Contudo, as pessoas, às vezes, têm dificuldade de relacionamento com os outros porque não têm um bom relacionamento com elas mesmas. Diga para si mesmo: Deus me criou assim, se Ele quisesse que fosse de outro jeito me teria feito diferente. 5. Invista no que aproxima você do seu cônjuge. Não podemos nos esquecer que somos complemento um do outro e que o relacionamento não começa com os de fora. Se você se relaciona bem com os de fora e não consegue o mesmo com o seu cônjuge, então não passa de um ator.


PENSAMENTO
"Minha qualidade de vida depende da qualidade de meus relacionamentos."


ORAÇÃO
"Senhor, ajuda-me a saber relacionar-me com meu cônjuge para que possamos assim, formar uma geração de pessoas que se amam. Em Cristo, amém."


LEITURA
2 Coríntios 8 – 2 Reis 20-21 – Naum 2




Pr. Aguiar Valvassoura no seu Livro "Balsamo e Mel"

Wednesday, August 6, 2008

Atenção Campistas

Os que saem de Santiago podem aproveitar a navio Tarrafal que sai do Porto da Praia no próximo dia 14, directo para São Vicente. Os responsáveis do STM prometeram um desconto considerável que pode ir ate 50% se o número de pessoas for grande.
Não durmam na forma e aproveitem. Assim terão mais trocados para gastarem em fatiotas durante o acampamento.
Qualquer dúvida, contactar Elias pelo móvel 9970429

Rev. José Gonçalves já está em Cabo Verde

Chegou na semana passada a Cabo Verde, o Rev. Gonçalves, vindo da Holanda. A sua vinda, segundo fontes seguras, é para ficar. Já há quem a dar como certa a colocação do Rev. Gonçalves como pastor numa das nossas igrejas em Cabo Verde. Certo, certo é que veio para ficar, já que o contentor com os haveres da família foi embarcado em Holanda e já está a caminho de Cabo Verde.
A Junta Consultiva, na sua última reunião que reportamos, falou no regresso do Pastor Gonçalves e, segundo soubemos, todos os membros da consultiva se congratularam com o seu regresso.
Voltaremos para anunciar a sua colocação.

Pr. Lino Magno vai para os Mosteiros

Já está confirmado a colocação do pastor Lino Magno em Mosteiros – Fogo substituindo o Pr. Manuel António. Depois de uma temporada no Brasil, eis que volta casado e, como o próprio diz, mais preparado para o ministério.
A chegada do casal ao Fogo está marcada para o final de Agosto, logo depois da assembleia.
Ao casal Magno, desejamos rico ministério nas terras do café.

Pr. Manuel António em Ribeira da Barca

O nosso irmão Pr. Manuel António deixa os Mosteiros com a sua próxima paragem bem perto, caso fosse pelo mar. Antigamente, muitos navios veleiros faziam a travessia regularmente devido à movimentação do porto da Ribeira da Barca, local onde irá pastorear o nosso amado irmão Bravense. De recordar que a capela local foi construída graças à visão do Sr. Ernest Eades que sempre disse e defendeu muitas igrejas para o interior de Santiago.
Quanto ao Pr. Júlio Nanque, que será substituído Pr. Manuel António, não conseguimos apurar o seu destino. Voltaremos.

Recreio em São Francisco (clique aqui)

Depois do Festival, os irmãos do projecto VIDA e a MPC desceram ao vale de São Francisco para juntos se confraternizarem na quentinha água do mar de São Francisco. O passeio deu para tudo. Os irmãos vindos de América fizeram entrevista, os jovens, para além do sagrado banho, jogaram em barda, tocaram e cantaram sob a mestria do Elias, comeram á vontade e, cada vez que um saltava na água fazendo-se de golfinho, uma máquina era disparada.
Pelas opiniões recolhidas, conclui-se que valeu a pena, aliás, sempre vale a pena um passeio em São Francisco.
Para o ano há mais mergulhos. Até lá.
(Clique no título para ver fotos)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...