Sugestoes

Nao deixe de ler: Por cada 100 casamento, ha 70 divorcios &&&&& Epistolaonline deseja a todos Feliz Natal &&&&& Nao temas, estou contigo &&&&&

Monday, November 9, 2009

Fica ó Deus até que passe o tufão…

Até que passe a tormenta,

E não rujam mais trovões,
E não haja quaisquer nuvens neste céu!
Dá-nos ó Deus protecção
Estende já a Tua mão sobre Cabo Verde.
Fica connosco, ó Deus, até que passe o tufão!
Faço do coro deste hino a minha oração nesta manhã de Segunda-feira, dia 9 de Novembro de 2009 e quero crer que é também a oração de muitos cristãos-nazarenos aqui e na diáspora.
No fim-de-semana transacto não foi registado qualquer óbito, graças a Deus.
A azáfama foi grande e houve o envolvimento da sociedade civil neste combate sem tréguas à DENGUE e ao PALUDISMO. Esta guerra ainda não está ganha. Há todavia, muito por fazer. Não deixemos que outros façam por nós aquilo que cada um deva fazer. Assumamos a nossa quota-parte e logo, logo veremos que valeu a pena eu, tu e nós termos estado no mesmo diapasão para pôr fim a este flagelo.
Convido-vos agora, a ler comigo e juntos meditemos no Salmos 91 – A segurança daquele (s) que se refugia (m) em Deus. Façamos deste Salmo uma súplica colectiva de confiança no Senhor em tempo de perigo, como este que estamos agora a viver.
Assim sendo, substituamos o EU por NÒS. O NÒS de todos os cabo-verdianos.
  1. “AQUELES que habitam no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Omnipotente descansarão.
  2. DIREMOS do Senhor: Ele é o NOSSO Deus, o NOSSO refúgio, a NOSSA fortaleza, e nele confiaremos.
  3. Porque ele NOS livrará do laço do passarinheiro, e da peste perniciosa.
  4. Ele NOS cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas estaremos seguros: a sua verdade é escudo e broquel.
  5. Não TEMEREMOS espanto nocturno, nem seta que voe de dia,
  6. Nem peste que ande na escuridão, nem mortandade que assole ao meio-dia.
  7. Mil cairão ao NOSSO lado, e dez mil à NOSSA direita, mas NÓS não seremos atingido.
  8. Somente com os NOSSOS olhos olharemos, e veremos a recompensa dos ímpios.
  9. Porque tu, ó Senhor, és o NOSSO refúgio! O Altíssimo é a tua habitação.
  10. Nenhum mal NOS sucederá, nem praga alguma chegará à NOSSA tenda.
  11. Porque aos seus anjos dará ordem a NOSSO respeito, para NOS guardarem em todos os NOSSOS caminhos.
  12. Eles NOS sustentarão nas suas mãos, para que não tropeçamos com o nosso pé em pedra.
  13. Pisaremos o leão e o áspide; calcaremos aos pés o filho do leão e a serpente.
  14. Pois que tão encarecidamente NOS amou, também NÒS o livraremos; pô-lo-emos num alto retiro, porque conheceu o nosso nome.
  15. Eles me invocarão e eu lhes responderei; estarei com eles na angústia; livrá-los-ei, e os glorificarei.
Dar-lhes-ei abundância de dias, e lhes mostrarei a minha salvação”.
Convém que descansemos á sombra do Omnipotente mas que este descanso não nos impeça de estarmos vigilantes.
Uma excelente semana com a PAZ do Senhor a todos nós.

Esther Spencer Lopes
Praia, Novembro de 2009.

No comments:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...