Sugestoes

Nao deixe de ler: Por cada 100 casamento, ha 70 divorcios &&&&& Epistolaonline deseja a todos Feliz Natal &&&&& Nao temas, estou contigo &&&&&

Tuesday, November 4, 2008

Explorando a História e a Política da Igreja do Nazareno

Uma Visão para o Ministério Cristão:
Educação Clerical na Igreja do Nazareno
O propósito principal de qualquer pessoa—de facto de toda a criação—é adorar, amar e
servir a Deus. Deus revelou-se a Si mesmo nos Seus actos de criação e de redenção.
Como Redentor, Ele trouxe à existência um povo: a Igreja, que personifica, glorifica e
declara o Seu nome e os Seus caminhos. A vida de Deus com o Seu povo e o mundo
constitui a História de Deus. Essa história está registada principalmente no Velho e Novo
Testamentos, e continua a ser contada pelo Cristo ressuscitado que vive e reina como
Cabeça da Sua Igreja. A Igreja vive para proclamar a completa História de Deus, e ela
faz isto de diversas formas—na vida dos seus membros os quais continuam neste preciso
momento a serem transformados por Cristo através da pregação, dos sacramentos,
testemunhos orais, vida comunitária e em missões. Todos os membros do Corpo de
Cristo são chamados a exercerem um ministério de testemunho e serviço. Ninguém fica
de fora.
Segundo a Sua própria sabedoria, Deus chama algumas pessoas para cumprirem o
ministério de proclamação do evangelho e cuidado do Seu povo, numa forma
normalmente designada como ministro ordenado. Deus é o autor inicial desta chamada,
não o homem. Na Igreja do Nazareno acreditamos que Deus chama e a pessoa responde.
Não elegemos o ministro cristão. Todas as pessoas chamadas por Deus devem
maravilhar-se continuamente com o facto d’Ele as chamar. Devem continuar a ser
humildes com a chamada de Deus. O Manual da Igreja do Nazareno declara
“reconhecemos e sustentamos que o Cabeça da Igreja chama alguns homens e mulheres
para o trabalho mais público do ministério”. E continua, “A Igreja, iluminada pelo Espírito
Santo, reconhecerá a chamada do Senhor” (Manual, Igreja do Nazareno, parágrafo 400).
PS: Leia mais clicando no tìtulo

No comments:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...