Sugestoes

Nao deixe de ler: Por cada 100 casamento, ha 70 divorcios &&&&& Epistolaonline deseja a todos Feliz Natal &&&&& Nao temas, estou contigo &&&&&

Monday, January 4, 2010

MANÁ DA SEGUNDA


Chamado Para Ser Mordomo Fiel 
Por Rick Boxx
                                              



Certo homem de negócios entregou um talão de cheques para seu bom amigo, Chip. Ele depositou U$ 5,000 em uma conta bancária para que Chip ajudasse pessoas em sérias dificuldades.
Achava que sua generosidade seria mais efetiva se ele contasse com Chip, respeitado pastor e mestre, para determinar quem deveria receber assistência financeira. 
Parte do acordo consistia em estabelecer tempo específico para que ambos se reunissem com regularidade, quando Chip deveria relatar como o dinheiro tinha sido usado, para que a conta fosse reabastecida. 
Pouco depois de iniciada essa parceria incomum, Chip teve uma surpreendente revelação pessoal. Descobriu que administrava o talão de cheques do amigo empresário melhor do que seu próprio talão, porque sabia que teria que prestar contas de como o dinheiro tinha sido gasto. 
Deixe-me fazer-lhe uma pergunta: Se seu talão de cheques ou outro recurso pertencesse a outra pessoa e você soubesse que periodicamente teria que prestar contas formalmente sobre o uso dele, você acredita que isso afetaria seu processo de tomada de decisões?
Somente um Dono! Na realidade nada do que “possuímos” é verdadeiramente nosso. Anos atrás um líder empresarial muito rico faleceu. Na cerimônia fúnebre, alguém se aproximou do contador dele e perguntou:  “Quanto ele deixou?” Sem hesitar o contador respondeu:“Tudo.” Salomão observou sabiamente: “O homem sai nu do ventre de sua mãe, e como vem assim vai. De todo o trabalho em que se esforçou nada levará consigo”  (Eclesiastes 5.15). 
Existe porém, uma questão ainda mais importante em relação à “propriedade”. Segundo a Bíblia, Deus é o dono de todas as coisas. “Teu é tudo o que há nos céus e na terra e  eu, ó Senhor, é o reino. Nós Te adoramos pois estás no controle de todas as coisas. Riquezas e honra vêm de Ti, e és o Governante de toda a raça humana; em Tua mão há força e poder para engrandecer e dar força ao homem” (I Crônicas 29.11-12 - tradução livre). 

Chamados para mordomos. Se isto é verdade, qual é, então, nosso papel? As Escrituras nos dizem que devemos ser administradores – ou mordomos - dos recursos que foram confiados aos nossos cuidados. Como o apóstolo Paulo escreveu em I Coríntios 4.2, “O que se requer destes encarregados é que sejam fiéis.”  Jesus disse que (assim como a responsabilidade de Chip para com seu amigo) também nós seremos chamados para prestar contas e seremos recompensados de acordo com isso.“Muito bem, servo bom e fiel! Você foi fiel no pouco, eu o porei sobre o muito. Venha e participe da alegria do seu senhor" (Mateus 25.21).

Fico imaginando que diferença faria se acordássemos todas as manhãs e considerássemos tudo o que está sob nosso cuidado – nosso lar, carro, carteira, negócios, tempo, talentos – não como coisas que possuímos, mas como coisas que administramos como representantes de Deus, que é o verdadeiro Dono.  
Lembre-se: seu talão de cheques não é seu; foi emprestado a você por Deus. Você está sendo fiel? 

No comments:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...