Sugestoes

Nao deixe de ler: Por cada 100 casamento, ha 70 divorcios &&&&& Epistolaonline deseja a todos Feliz Natal &&&&& Nao temas, estou contigo &&&&&

Wednesday, September 24, 2008

FUNÇÃO SOCIAL E FICÇÃO SOCIAL


Algumas pessoas, infelizmente, passam a vida inteira representando personagens e esquecem ou simplesmente negam o seu próprio ser. O pior é quando acreditam que os personagens que representam são elas mesmas.
O filósofo italiano do século XV, Pico Dela Mirandola em seus estudos sobre a dignidade do homem, revelou que tudo é possível. O homem "moderno" fez dessa revelação a sua regra de vida fundamental. Não é difícil constatar, por exemplo, que cada ser é o que é pela sua própria natureza, porém, a mesma regra não pode ser aplicada ao homem. Dito de outro modo, o homem é uma exceção no ser. Na visão dele não existe limite intransponível para a sua ação. Ele recebe a vida, mas ele tem o poder de lhe dar a forma: tal é, sem dúvida, a sua grandeza e sua dignidade.
O filósofo francês no século XX, J. P. Sartre em seus estudos sobre o ser e o nada, revela uma condição inelutável do homem. Afirma de forma categórica que o homem está condenado à liberdade. Porém, nem isso é interessante: ele sonha a cada dia em ser dispensado desse privilegio, busca por todos os meios desembaraçar-se do incomodo presente que o aturdido Deus de Pico Della Mirandola lhe deu. (clique no titulo para ler mais...)

José João Neves B. Vicente.
Filósofo, pesquisador, professor da Faculdade de Ciências e Educação de Rubiataba (FACER), do Instituto de Filosofia e Teologia Santa Cruz (IFTSC) e Editor da Revista Facer.
E-mail: josebvicente@bol.com.br

No comments:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...