Sugestoes

Nao deixe de ler: Por cada 100 casamento, ha 70 divorcios &&&&& Epistolaonline deseja a todos Feliz Natal &&&&& Nao temas, estou contigo &&&&&

Monday, December 28, 2009

MANÁ DA SEGUNDA


Planejando 2010
Por Robert J. Tamasy




Agora que o estresse, as exigências e a frivolidade passageira do Natal terminaram, chegou o momento de concentrar o foco no ano que vai começar. Isto envolve planejar, estabelecer metas e decisões ousadas. Alguns têm por objetivo basear-se no progresso alcançado no ano que finda; outros estão ansiosos por deixar o passado e partir para um novo começo. 
Para alguns 2009 não passou com a rapidez desejada. Trouxe consigo experiências terríveis e esperam que o próximo ano seja muito melhor. Para outros, dar adeus ao ano que em breve pertencerá ao passado provoca tristeza, pelos eventos memoráveis e marcantes, pessoais ou profissionais. Há quem, entretanto, encare as lutas e fracassos do ano sob uma ótica positiva, esperando aplicar as lições importantes aprendidas. 
Ao fazer planos e estabelecer metas seria sábio tomar emprestado das empresas bem-sucedidas um importante princípio. Elas têm declarações de missão claramente delineadas e cuidadosamente expressas. São lembretes formais para comunicar seu propósito ao quadro de funcionários, clientes e fornecedores. Deveríamos também adotar declarações de missão ou de propósito que nos forneçam respostas para perguntas como. “Por que estou aqui?”, “Para onde estou indo?”, “Como vou saber que cheguei ao meu destino?”
Muitos de meus amigos fizeram este exercício e o acharam útil. Ao invés de ser restritivo ele proporciona liberdade e direção. Como nos lembra o ditado,“Se você mirar o nada, acertará sempre”. 
Uma declaração de propósito, ou missão, ajuda a definir quem nós pensamos ser, o que gostaríamos de realizar em nossa vida e como pretendemos consegui-lo. Uma vez que alguém formule e determine viver segundo uma declaração de propósito é possível submeter seus objetivos a esse filtro; os que se alinham com o propósito declarado são mantidos; os que entram em conflito serão descartados ou deixados à parte para posterior consideração. 
Uma declaração de propósito inclui valores e crenças e é mais importante do que objetivos pessoais e profissionais, e até mesmo que talentos e habilidades que temos para oferecer. Rick Warren
escreveu em "Uma Vida Com Propósitos”, livro no qual ele sugere que cada um de nós deveria perguntar a si mesmo: “Afinal de contas, por que estou aqui?”. Vale a pena considerar as conclusões encontradas nesse livro, centradas nas afirmações que vêm a seguir:
Propósito nº 1:  Você foi planejado para dar prazer a Deus (Adoração).
Propósito nº 2:  Você foi formado para fazer parte da Família de Deus (Comunhão).
Propósito nº 3:  Você foi criado para tornar-se como Cristo (Discipulado).
Propósito nº 4:  Você foi moldado para servir a Deus (Ministério).
Propósito nº 5:  Você foi feito para uma missão (Missão).
Pessoalmente adotei uma declaração de propósito anos atrás baseada em um versículo da carta que o apóstolo Paulo escreveu para a igreja de Filipos (versão amplificada):“Porque o meu propósito determinado é que eu possa conhecê-lo (Jesus Cristo) – que eu possa progressivamente conhecê-lo mais profunda e intimamente, percebendo, reconhecendo e compreendendo as maravilhas de Sua pessoa mais fortemente e mais claramente”  (Filipenses 3.10). 
Sempre que revejo minhas metas, descubro que esta declaração é excelente filtro para avaliar o que estou planejando fazer e porquê.  Feliz e abençoado 2010!

No comments:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...